X

Após perder de Djokovic, Kwon recebe vacina na Sérvia

Quinta, 22 de abril 2021 às 11:57:54 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Um dia depois de ser derrotado pelo sérvio Novak Djokovic pelo ATP 250 de Belgrado o coreano Soonwoo Kwon e sua equipe aproveitaram a liberação do governo local para que estrangeiros possam se imunizar na Sérvia contra a COVID-19 e tomou vacina.



Kwon e sua equipe receberam a primeira dose do imunizante da farmacêutica Pfizer e no prazo de 20 dias deve receber sua segunda dose. Para isso, precisará retornar ao país dos Balcãs.

Sérvia imuniza estrangeiros após recusa de locais

De acordo com reportagem da France24 no início deste mês, o governo sérvio já tem contrato para comprar um total de 15 milhões de doses para uma população de 7 milhões de pessoas. Os contratos são com quatro grande fabricantes internacionais: Pfizer, AstraZeneca, Sputnik V e Sinopharm, que no Brasil recebeu o nome de Coronavac dada a parceria de fabricação com o Instituto Butantã.

Até o momento quase 4 milhões de doses das diferentes vacinas compradas foram entregues à Sérvia, que enfrenta um grande movimento antivacina e desinformação apontam epidemiologistas locais. O fato dos cidadãos sérvios estarem desinteressados ou se recusando a tomar vacinas fez com que as autoridades locais permitissem que estrangeiros que estiverem no país por alguma razão (pode ser a turismo ou trabalho) possa se cadastrar e assim receber sua vacina quando convocado.

Entre os tenistas profissionais da Sérvia, Filip Krajinovic foi, até o momento, o único a tomar vacina e a anunciar. O tenista foi imunizado com uma dose da Pfizer e deve receber sua segunda dose ao fim desta semana.

banner
banner