X

Pavlyuchenkova se une a pedidos pelo fim da guerra: "Parem a violência"

Segunda, 28 de fevereiro 2022 às 11:10:50 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após palavras de Andrey Rublev e Daniil Medvedev na última semana, Anastasia Pavlyunchenkova é mais um nome importante do tênis russo a se manifestar contra a guerra de seu país contra a Ucrânia.



Leia mais:

Medvedev clama por paz e diz: 'Crianças, não parem de sonhar'

Em publicação nas redes sociais, a atual número 14 do mundo foi enfática ao pedir o fim da violência e do conflito na região.

"Ambições pessoais e motivos políticos não justificam a violência. Tira o nosso futuro e o de nossas crianças", diz ela em trecho do texto.

Pavlyuchenkova também admite que não sabe exatamente como ajudar, mas diz que prefere falar abertamente contra a situação: "Não tenho experiência com isso, só posso discordar publicamente e falar abertamente sobre isso".

Ao longo dos últimos dias, vários tenistas têm comentado a situação, pedindo o fim da violência e da guerra. O ucraniano Sergiy Sthakovsky, inclusive, se alistou para defender seu país do ataque russo.

banner
banner