X

Federer se vinga de Nadal,vai à 12ª final em Wimbledon e desafia Djokovic

Sexta, 12 de julho 2019 às 15:46:37 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Maior vencedor de títulos junto com Pete Sampras e William Renshaw, Roger Federer foi melhor nesta sexta-feira no clássico dos clássicos contra Rafael Nadal e garantiu vaga na final de Wimbledon pela 12ª vez em sua carreira.

 



O suíço terceiro do mundo derrotou o vice-líder por 3 sets a x com parciais de 7/6(7/3) 1/6 6/3 6/4 após 3h03min de duração na lotada quadra central do All England Club e vai enfrentar no domingo o sérvio Novak Djokovic buscando sua nona conquista no evento.

Federer vai tentar seu 21º título de Grand Slam na carreira nesta que será sua 31ª decisão . Em Wimbledon ele venceu em 2003 até 2007, 2009, 2012 e 2017 e foi vice-campeão justo contra Djokovic em 2014 e 2015 e em 2008 contra Nadal.

Djokovic, por sua vez, jogará sua 25ª final e buscará seu 16º troféu de Major e quinto em Londres onde venceu também em 2011 e 2018.

O duelo contra Djokovic será o 48º. O sérvio lidera por 25 a 22, a única vitória do suíço em Wimbledon foi em 2012.

Federer vinga da derrota de 2008 para o espanhol e do último encontro os dois na semi de Roland Garros no mês passado.

O jogo

Nadal largou mais agressivo no set, entrando mais em quadra e aproveitou alguns erros de Roger para quebrar e abrir com conforto 4/1. Federer baixou sua confiaça, ficou impaciente e mais um saque foi embora rapidamente e o set em 37 minutos por 6/1 após 37 minutos com furada no slice do suíço. Foram 11 erros não-forçados de Roger contra apenas dois de Nadal.

Federer conquistou a quebra após Nadal marcar bobeia na rede e deixar na mão do suíço. Em seguida Rafa teve um 15/40 e três breaks ao todo, mas Federer com competência salvou todos, abriu 4/1 e fechou por 6/3. Foram apenas dois erros não-forçados do suíço na parcial.

Federer conquistou a quebra após Nadal marcar bobeia na rede e deixar na mão do suíço. Em seguida Rafa teve um 15/40 e três breaks ao todo, mas Federer com competência salvou todos, abriu 4/1 e fechou por 6/3. Foram apenas dois erros não-forçados do suíço na parcial.

No quarto set o suíço pressionou no terceiro game, conquistou a quebra com erro no fundo de Nadal e foi se mantendo com poucos sustos. No fim o duelo foi tenso. Nadal salvou dois match-points sacando em 3/5 e no 5/4 sacando o espanhol teve um break-point onde errou backhand perto da rede e se desesperou. Rafa lutou,salvou mais dois match-points com winners incríveis de backhand e forehand, mas na quinta chance o forehand do espanhol saiu e Federer vibrou com o triunfo.