X

Djokovic após vitória 1000: 'Sou abençoado e privilegiado'

Sábado, 14 de maio 2022 às 18:04:44 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Novak Djokovic, número 1 do mundo, se disse abençoado após alcançar a milésima vitória na carreira, neste sábado, para alcançar a final do Masters 1000 de Roma, na Itália, pela 12ª vez.



Nole passou pelo norueguês Casper Ruud, 10º, por 6/4 6/3 após 1h42min. Ele se torna o quinto a alcançar as 1.000 vitórias igualando Jimmy Connors, Roger Federer, Ivan Lendl e Rafael Nadal: "Obrigado ao torneio e à torcida por comemorarem comigo", disse Djokovic em sua entrevista em quadra.

"Eu vi Roger e Rafa comemorar esses marcos nos últimos dois anos e estava ansioso para chegar aos 1.000. Sou muito, muito abençoado e privilegiado por ter tantas vitórias no circuito. Tem sido um muito tempo, desde que venci minha primeira partida. Espero poder continuar e muitas outras vitórias virão."

"Achei que joguei muito bem. Comecei fantástico, abri 4 a 0. Então eu desacelerei um pouco. Baixei meu nível e não estava me sentindo tão bem na quadra por cerca de 15, 20 minutos. Ele usou isso, conseguiu se recuperar primeiro set. Era importante fechar no 10º game, conquistar o primeiro set."

"No segundo set, foram alguns jogos próximos no início, mas sempre senti que estava em seus jogos de serviço, sempre tive chances. Senti que joguei muito, muito bem nos primeiros quatro jogos, nos últimos quatro jogos da partida. Espero levar esse nível para a final de amanhã".

Neste domingo, às 11h, a final será contra o grego Stefanos Tsitsipas, quinto colocado: "Mais uma final contra ele em um dos maiores torneios que temos no mundo. Ele está definitivamente em forma. Nos últimos anos ele tem sido um dos dois melhores, três jogadores de saibro. Em geral, dois, três melhores do mundo."

banner
banner