X

Nadal bate jovem Sinner, vai à 13ª semi em Roland Garros e tenta revanche

Terça, 06 de outubro 2020 às 20:26:50 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Rafael Nadal, número dois do mundo ,teve, na noite desta terça-feira, madrugada de quarta em Paris, na França, seu joo mais difícil, mas foi à semifinal de Roland Garros sem perder sets para o jovem de 19 anos, Jannik Sinner, 75 do mundo. 



Leia Mais:

Nadal reclama: 'É perigoso jogar nessas condições'

Ganhar do Nadal aqui seria único, sonha Schwartzman

 

O dono de 12 títulos no saibro parisiense marcou 3 sets a 0 com parciais de 7/6 (7/3) 6/4 6/1 após 2h49min de duração em jogo que terminou além da 1 da madrugada no horário francês.

Nadal venceu sua 98ª partida nesta que foi a 100ª jogada no Slam no saibro. Ele alcança pela 13ª vez a semifinal do Slam que jamais perdeu a partir desta rodada. Suas únicas quedas foram nas oitavas em 2009 para Robin Soderling e quartas para Novak Djokovic em 2015. Em 2016 desistiu na terceira rodada contra o espanhol Marcel Granollers. 

Nadal tentará na sexta-feira uma revanche contra o argentino Diego Schwartzman, 14º colocado, que o derrotou em sets diretos no Masters 1000 de Roma, na Itália, no mês passado. 

Schwartzman vem de vitória em 5h08min contra Dominic Thiem em cinco sets e jogará sua primeira semi de Slam. Em 2018 ele enfrentou Rafa em Paris e perdeu nas quartas em jogo duríssimo. No total, Nadal lidera os confrontos por 9 a 1.

Sinner sai com sua primeira quartas e um Major e mais jovem desde Djokovic em 2006 nas quartas em Paris.

O jogo

Nadal segue sem perder sets nesta edição em Paris, mas teve um jogo apertado sobretudo nos dois primeiros sets. No primeiro o italiano, ao estilo Tomas Berdych, distribuía boas pancadas, variava, explorava o backhand e colheu erros para quebrar e sacar em 6/5. Mas o Touro Miúra reagiu, conseguiu devolver a quebra na terceira chance e levou ao tie-break. No desempate o espanhol desgarrou no placar e fechou por 7/6 (7/3) em mais de uma hora.

No segundo set o italiano manteve a boa pegada, quebrou em 3/2, mas Rafa devolveu logo a seguir e conseguiu nova quebra para fechar por 6/4.

O terceiro set foram duas quebras para o natural de Manacor que abriu 4/0 confirmando seus dois saques com muita dificuldade. Depois bastou controlar para fechar por 6/1 com nova quebra.

banner
banner