X

Nadal aplica 110º pneu da carreira, 18º apenas em Roland Garros

Quarta, 30 de setembro 2020 às 12:00:25 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O perfil Tennis My Life, que no Twitter apresenta diferentes estatísticas do esporte, recordou que a vitória de Rafael Nadal sobre o norte-americano Mackenzie McDonald, marcou o 110º pneu aplicado pelo espanhol em toda sua carreira, o 18º apenas em Roland Garros.



O relatório em planilha de todas as partidas com pneu da carreira do espanhol começa uma vitória do espanhol sobre o costariquenho Juan Antonio Marín pela chave do ATP de Barcelona em 2003. Na oportunidade, Marin levou o pneu e abandonou a partida lesionado.

São 106 partidas em que ao menos um set foi vencido em 6/0 por Nadal, das quais apenas três o espanhol perdeu. A primeira delas foi em 2005 pelas quartas de final do ATP de Buenos Aires, onde aplicou um pneu, mas levou a virada em 0/6 6/0 6/1 do argentino Gastón Gaudio, na época atual campeão de Roland Garros. As outras duas derrotas foram em 2010 para o russo Nikolay Davydenko, pelo ATP de Doha, onde abriu com pneu e levou a virada 0/6 7/6 (8) 6/4. E por fim, a derrota para o francês Jo-Wilfried Tsonga pelo Masters de Xangai em 2015.

Dos 110 pneus, 18 foram aplicados em jogos válidos em Roland Garros. No saibro parisiense, Nadal aplicou 3 bicicletas (6/0 6/0). A primeira delas nas oitavas de final em 2012 contra o argentino Juan Monaco, seguida da primeira rodada em 2014 contra o norte-americano Robby Ginepri; e a terceira rodada em 2017 contra o georgiano Nikoloz Basilashvili.

Os jogadores que mais sofreram pneus de Nadal foram seus compatriotas David Ferrer e Fernando Verdasco, cinco cada, porém nenhum levou bicicleta.

Em quadras brasileiras, Nadal aplicou dois pneus, sendo o primeiro deles  em 2005 no Brasil Open realizado na Costa do Sauípe, contra o compatriota Alberto Martin; e no Rio Open de 2014 contra o português João Sousa. 

O único brasileiro a levar um pneu do espanhol foi o paulista Rogerio Dutra Silva, na primeira rodada do US Open em 2013.

 

banner
banner