X

Ljubicic diz que Federer é sua prioridade, mas último trabalho como treinador

Terça, 14 de julho 2020 às 08:03:30 AMT

Link Curto:

Tênis Paulista

O croata ex-top 10 e atual treinador de Roger Federer, Ivan Ljubicic, concedeu uma entrevista ao jornal croata NoviList na qual falou muito sobre seu novo empreendimento, a agência de marketing esportivo, LJ Sports Group, e da parceria com o suíço.



A LJ Sports Group, contou Ljubicic ao jornal é uma espécie de "evolução" de sua agência anterior, que atuava diretamente com empresas clientes na região dos Balcãs. Segundo relatou o ex-tenista, a LJ Sport Group tem por objetivo alçar outros mercados e já está organizando um escritório internacional, que já possui parceiros na Finlândia e atuação na Fórmula 1, tanto que o ex-diretor da ATP Richard Evans foi contratado.

Na sequência da entrevista, Ljubicic falou sobre o processo de recuperação de Federer da cirurgia no joelho e da preparação para a próxima temporada: "Tudo está sob controle. Estamos planejando a próxima temporada . Nosso sonho é que tudo seja como em 2017 [ano em que Federer retornou após se recuperar de sua primeira artroscopia realizada em 2016], mas é claro que toda situação é nova. De qualquer forma, temos uma experiência positiva, por isso estamos todos positivos".

Ljubicic também foi questionado sobre a proximidade tanto de Rafael Nadal como de Novak Djokovic, com 19 e 17 títulos do Grand Slam respectivamente, estão dos 20 títulos de Federer e ele considera que as pessoas são obcecadas por Slams e que o esporte vai além disso.

"Todo mundo está muito focado nos títulos de Grand Slam. Eles são os maiores torneios do nosso esporte, mais do que nunca, mas não são a única coisa valiosa. Podemos medir (estatísticas) tudo com eles, mas não somos todos loucos por Grand Slams. O que acontece com Federer é que ele adora esportes e joga o máximo que pode. Faremos tudo para ter o resultado, mas essa não é a única razão pela qual ele ainda joga e quer jogar. Mas está claro para mim que existem pessoas que não conseguem entender isso".

Ex-treinador do compatriota Borna Coric e do canadense Milos Raonic, Ljubicic tem outra paixão como trabalho, mas pontua que o trabalho ao lado de Federer, que começou em 2016, são sua prioridade, até acabar a parceria, depois disso, ele deve seguir outro caminho.

"Roger será meu último emprego como treinador. Meu compromisso com este projeto (a LJ Sport Group), depois de Federer, é absoluto. Mas Roger e eu vamos além, meu trabalho com ele é inquestionável e não há problemas lá. No entanto, sua lesão e pausa devido à pandemia deram a ele tempo e espaço para desenvolver sua história. Depois de sua carreira, posso me dedicar 100% ao que me faz feliz. Então poderei ajudar os jogadores de uma maneira que julgo ser a melhor. No momento, no que diz respeito à parte de treinado, é exclusivamente Roger. O resto é marketing e patrocínio".

 

banner
banner