X

Djokovic: 'Quando eu me aposentar, poderei entender tudo o que fiz'

Sexta, 17 de abril 2020 às 19:43:50 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A live no Instagram com o escocês Andy Murray e o sérvio Novak Djokovic rendeu muita conversa sobre a visão de cada um do tenistas fez revelações sobre a forma como pensa e vê o tênis e em dado momento, Murray questionou Djokovic sobre o que faz um grande tenista.



"Eu acho que é uma combinação de Slams, semanas como número 1 e torneios Masters 1000. Grand Slams estão um degrau acima. Pessoalmente sou afortunado de ter essas combinação. Mas de outro lado é difícil você dizer quem é o maior de todos os tempos. Eu tenho uma opinião desde sempre, não se pode comparar gerações", iniciou sua fala.

Murray concordou com o ponto de vista de Nole, mas disse que na realidade, os três maiores de todos os tempos jogaram juntos, tanto pelo tanto que dominaram, venceram e s enfrentaram. "É claro que [Bjorn] Borg foi maravilhoso, [Rod] Laver também, mas pelo que vemos hoje, pelo tanto que se enfrentaram e como, não podemos negar que vocês estão em atividade. O que Rafa [Nadal] faz é incrível, tudo o que construiu Roger [Federer] também e claro você, Novak. Nós vemos e por isso as pessoas discutem isso".

"Eu acho que nos não estamos totalmente cientes do quanto significam essas conquistas no âmbito dos esportes. Nós três estamos no meio da tempestade, estamos buscando nosso melhor, ter nossos resultados, mas na realidade não sabemos o que fizemos. Quando eu me aposentar e olhar de fora para isso e aquilo que eu fiz, eu poderei ter uma opinião sobre. Agora, nós somos três caras que dominam de certa forma três superfícies e isso é pelo que trabalhamos. Só teremos uma noção quando isso acabar e nós já não somos mais jovens, já temos nomes como [Dominic] Thiem, [Stefanos] Tsitsipas ou [Alexander [Zverev]", completou Djokovic.

banner
banner