X

COI dá quatro semanas para discussões e admite possível adiamento da Olimpíada

Domingo, 22 de março 2020 às 13:30:38 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Horas após o jornalista espanhol Agarcia Muniz informar que os Jogos Olímpicos seriam adiados ainda neste domingo, o Comitê Olímpico Internacional soltou uma carta o qual informa que precisará de quatro semanas de discussões para bater o martelo.



O COI vem sofrendo pressão de todos os Comitês Olímpicos no mundo onde os atletas não conseguem treinar diante dos isolamentos das cidades na América do Norte, América do sul, Ásia e Europa diante do coronavírus.

A data oficial de início da Olimpíada de Tóquio, no Japão,  é em 24 de julho.

"O COI vai, em coordenação e parceria com a Organização da Toquiio 2020, autoridades japonesas,governo de Tóquio, começar detalhada discussão no acesso do desenvolvimento da situação da saúde mundial e seu impacto nos Jogos Olímpicos, incluindo o cenário de adiamento. O COI está confiante que finalizará essas conversas nas próximas quatro semanas e aprecia a solidariedade e parceria dos Comitês Olímpicos de cada país no suporte e adaptação para o planejamento dos jogos. 

O COI enfatiza que o cancelamento dos Jogos de Tóquio não vão resolver nenhum dos problemas e ajudar ninguém. Até o momento o cancelamento não está em nossa agenda", diz o comunicado do COI.

Tomas Bach, presidente do COI, informou aos atletas: "As vidas humanas ficam acima de tudo, incluindo aos Jogos. O COI quer fazer parte da solução. Assim mesmo tomamos o princípio de liderança da saúde de todos os envolvidos para contribuir na contenção do coronavírus. Gostaria, e todos estão trabalhando nisso, que a esperança de muitos atletas, Comitês Olímpicos de todos os cinco continentes expressaram sejam realizados. Que diante desse túnel escuro que todos estamosjuntos, sem saber o quão longo será e que a bandeira Olímpica será a luz no fim desse túnel".

 

banner
banner