X

Shapovalov segue centrado: ‘Tenho que me esforçar e melhorar meu jogo’

Domingo, 03 de novembro 2019 às 18:42:26 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Disputando seu último torneio do circuito ATP na temporada, o canadense Denis Shapovalov, de 20 anos, fez sua estreia em decisões de Masters 1000 no evento de Paris. Após ficar com o vice-campeonato, o tenista manteve os pés no chão e ressaltou que ainda precisa evoluir.



“Não fui capaz de reagir ao que estava acontecendo. Novak sacou muito bem durante todo o jogo, acredito que teve um aproveitamento próximo de 100% no primeiro set. A única coisa que posso fazer é homenageá-lo, jogou uma grande partida e foi muito agradável comigo. Certamente teve uma semana fantástica e lhe desejo tudo de melhor para Londres”.

“Estava muito emocionado por ser minha primeira final, obviamente. O começo da partida foi muito difícil para mim. Não acho que foi nervosismo exatamente, simplesmente comecei um pouco devagar, mas não poderia estar assim todo o tempo, deveria entrar de vez na quadra”, refletiu o jovem.

“Isso é o esporte e sabemos que cada dia pode acontece uma coisa diferente. Quero dizer, sei que nem sempre estarei disputando uma final de Masters 1000, é normal, ao longo de uma temporada sempre há altos e baixos. Tenho que me esforçar para melhorar meu jogo todos os dias, não desanimar nos momentos de dificuldade. Minha intenção na metade do ano era voltar à normalidade, de modo que estou muito feliz com o trabalho realizado por mim com minha equipe”, celebrou.

Nesta semana o canadense aparecerá pela primeira vez entre os 15 melhores tenistas do mundo, o que o coloca na elite do esporte. Apesar do posto que ocupa e de seus resultados, ele tem a certeza de que ainda tem um caminho a trilhar.

“É fantástico estar onde estou, mas o caminho que ainda preciso percorrer é longo e árduo. Essa semana tudo foi incrível, mas não é o final, na verdade não estou nem perto. Vou voltar às quadras, quero vencer pessoas como Djokovic algum dia. Preciso melhorar em tudo, inclusive na minha capacidade de recuperação. Espero poder fazer ainda melhor na temporada que vem”.

banner
banner