X

Irmã de campeão do US Open e filha de ex-craque Alex no quali do Bahia Juniors

Sábado, 29 de setembro 2018 às 00:34:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A 34ª edição do Bahia Juniors Cup larga neste sábado no Clube Bahiano de Tênis, no bairro da Graça, em Salvador (BA), com 32 partidas, sendo 26 dos qualifyings mundiais na categoria principal até 18 anos, Sul-Americano até 14 e 16 anos mais os jogos do Tennis Kids na categoria 10 anos. A tradicional competição baiana é a mais valiosa do país no segundo semestre, maior da região Norte-Nordeste e terceira mais importante do Brasil na temporada. O torneio tem o recorde de 307 atletas de 15 países, um aumento de cerca de 50% em relação ao ano de 2017.



Destaque para as estreias das paranaenses Luana Seyboth Wild e Maria Mauad. Luana tem 15 anos e busca ascender à chave principal e buscar seus primeiros pontos no ranking mundial. Ela é irmã de Thiago Seyboth Wild, tenista que no início do mês entrou para a história do país ao conquistar o US Open, um dos quatro Grand Slams. Há dois anos Wild conquistava em Salvador, no Bahia Juniors Cup, seu primeiro título internacional na carreira. Luana, natural de Marechal Candido Rondon, mas que mora no Rio de Janeiro, está acompanhada do pai e treinador, Claúdio Wild, que também treinou Thiago Wild até os 14 anos de idade. Ela enfrenta as segunda favorita no quali, a brasileira Maria Oliveira em torno das 10h no segundo jogo da quadra 2.

Quem também joga não antes das 10h30 é Maria Mauad. Vice-campeã no Campeonato Brasileiro Interclubes no começo do ano em Salvador, a jogadora também tenta entrar na chave para buscar seus primeiros pontos. Ela é filha do ex-craque do Flamengo, Cruzeiro, Palmeiras, Fenerbache, da Turquia, e Seleção Brasileira de Fiutebol, Alex. Maria Mauad estreia contra a brasileira Gabriela Almeida. Os vinte jogos do quali mundial até 18 anos começam às 8h30.

Nos 16 e 14 anos serão disputados seis partidas no qualifying, todos no masculino, a partir das 11h. O dia terá seis jogos do Tennis Kids na categoria 10 anos a partir das 9h.

O domingo seguirá com as finais do qualifying em todas as categorias mais a disputa do Tennis Kids na categoria 9 anos.

O 34º Bahia Juniors Cup tem a chave principal sendo sorteada no domingo. A competição começa na segunda-feira, dia 1º, e termina no sábado, dia 6.

O Bahia Juniors Cup é um celeiro de craques do tênis brasileiro. Além de ter revelado Gustavo Kuerten a competição foi palco em 2016 do primeiro título a nível mundial para o paranaense Thiago Wild que derrotou o jogador que hoje é número dois do mundo, o argentino Sebastian Baez. O garoto que hoje tem 18 anos se sagrou campeão do US Open há pouco mais de uma semana se tornando o primeiro brasileiro campeão do Slam no júnior e apenas segundo brasileiro a levantar um Major no juvenil. O torneio baiano é especial na carreira do tenista que a partir de agora se dedicará integralmente ao profissional.

"O Bahia Juniors Cup tem um peso enorme na minha formação, foi meu grande primeiro título nível ITF em uma grande final contra meu amigo e rival Sebastian Baez que hoje é 2 do mundo na categoria, as recordações são muito felizes. Foi sem dúvida crucial para alavancar minha carreira juvenil e tem papel importante na minha carreira", disse Wild.

O Bahia Juniors Cup tem o recorde de 307 atletas, um aumento de quase 50% em relação à última temporada. São jogadores de 15 países - Brasil, Rússia, Colômbia, Peru, Argentina, Paraguai, Holanda, Polônia, Estados Unidos, Finlândia, Chile, Grã-Bretanha, Canadá, Índia e Bolívia.

Bahia Cup define finalistas - Além das disputas do Bahia Juniors Cup, o sábado define os finalistas do Bahia Cup, evento com R$ 10 mil em premiação e pontos para o ranking Adulto da Confederação Brasileira de Tênis. A partir das 17h Augusto Laranja, principal favorito, encara Gabriel Generoso. E na sequência Luis Santana encara Guilhermer Diniz.

A sexta-feira foi dia de rodada dupla com Laranja derrotando nas oitavas Mateus Conte por um duplo 6/0 e nas quartas passando por Gustavo Nery por um duplo 6/1. Generoso superou Sergio Amorim por 6/4 5/2 e desistência e nas quartas superou Guilherme Oliveira por 6/3 5/7 6/4. Santanna bateu nas oitavas Nino Portugal por WO e nas quartas passou por Lucca Holtrup por um duplo 6/2. Já Guilherme Diniz fez um duplo 6/0 nas quartas contra Luiz Ribeiro e na fase anterior derrotou Augusto Oliveira por 6/0 7/5.

A final do Bahia Cup será no domingo.

Últimos Campeões na categoria mundial do Bahia Juniors Cup:

2017 - João Lucas Reis (BRA) / Nathália Gasparin (BRA)

2016 - Thiago Wild (BRA) / Thaísa Pedretti (BRA)

2015 - Gabriel Decamps (BRA) / Thaísa Pedretti (BRA)

2014 - Igor Marcondes (BRA) / Maria Silva (BRA)

2013 - Silas Cerqueira (BRA) (último baiano campeão) / Thaísa Pedretti (BRA)

2012 - Marcelo Tebet (BRA) / Ivone Alvaro (POR)

2011 - Victor Gonzaga (BRA) / Giovanna Baccarini (BRA)

2010 - Vicente Bronstein (CHI) / Carla Forte (BRA)

A 34ª edição do Bahia Juniors Cup Bahia  Juniors Cup tem o patrocínio da da SETRE, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte e da Sudesb, do Governo do estado da Bahia, dos Correios, o co-patrocínio da Wilson, Peugeot e apoio das Águas Meleva, Cassi Turismo e RevestBege . O evento é chancelado pela Federação Bahiana de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis, Federação Internacional de Tênis e Confederação Sul-Americana de Tênis, o Cosat.

O Bahia Pro Cup tem o patrocínio da SETRE, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte e da Sudesb, do Governo do estado da Bahia,  além do apoio da Confederação Brasileira de Tênis que conta com o patrocínio dos Correios e o co-patrocínio da Wilson, Peugeot e Companion SPORTS. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte. 

banner
banner