X

ITF estuda mudar regras de classificação olímpica e pode beneficiar Federer

Sexta-feira, 28-09-2018 19:30

Link Curto:

Tênis Profissional

O jornal britânico The Times reporta que a Federação Internacional de Tênis (ITF) está estudando modificar as regras para classificação da disputa olímpica, consideradas rigorosas, e a mudança pode beneficiar Roger Federer.



Pelos critérios atuais, em voga desde o retorno do tênis aos Jogos Olímpicos na edição 1996, são classificados 64 tenistas melhor qualificados no ranking e que tenham disputado a Copa Davis ao menos em quatro oportunidades e estar entre os quatro melhores colocados no ranking de seu país. Dentre os 64 classificados, há a possibilidade de um convite e a entrada de um tenista local.

Aos 37 anos, Federer pode ter perdido sua última oportunidade de conquistar o ouro olímpico em simples,  uma da poucas conquistas que ainda não tem, nos Jogos do Rio de Janeiro há dois anos em virtude de uma lesão no joelho.

O presidente da ITF, David Haggerty confirmou, sem dar muitos detalhes, a ideia de alterar o critério para a a competição: “Não posso falar em nome da ITF, mas pelo que sei nós estamos estudando uma proposta e já falamos com a equipe de Roger. Eles não podem me assegurar que ele vá voltar a jogar a Copa Davis novamente, mas alguém como ele merece estar nos Jogos Olímpicos e nos próximos meses vamos decidir isso", disse.

teninews.com.br
br.jooble.org