X

Nadal lamenta mais uma lesão: 'É algo que não se planeja'

Quinta, 20 de setembro 2018 às 22:26:55 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número 1 do mundo, Rafael Nadal lamentou mais uma lesão no joelho que o tirou de 12 dos 13 últimos torneios no piso duro. Ele não jogará a gira asiática em Pequim e Xangai e só teria mais três torneios ao fim de ano.



"Estou um pouco chateado porque gostaria de estar bem. Queria acabar o US Open de outra maneira, mas apareceu essa lesão no joelho e arruinou um pouco tudo. É toda uma parte importante do ano pra mim onde jogo coisas importantes, mas as lesões são coisas que não se planeja e não pode decidir seu futuro", disse o espanhol em debate no Banc Sabadell sobre futuros. Ele corre o risco de perder o número 1 no meio de outubro para Novak Djokovic

"O tênis é um esporte onde para nós é difícil planejar o futuro, eu começo o ano com certa ideia de quantos torneios jogarei, mas em cada um não se sabe quantos jogos disputarei. Posso jogar seis e isso decide o esforço e o trabalho diário". 

 

"Sou um tenista que parei por decisão técnica e outras vezes por lesão, é importante aprender com os erros e saber quando é preciso parar para evitar coisas mais graves. Sou um atleta e o objetivo é ir ao limite em todas as facetas, limite do poder e não poder que separa uma linha de assumir o erro. Tive um calendário muito conservador esse ano e apesar disso sofri duras lesões".

Apesar dos problemas ele destaca a satisfação em seus retornos com triunfo: "É uma satisfação enorme voltar de lesão, sempre que tive problemas superei, encontrei um caminho para seguir adiante, Amanhã vou à academia, piscina e é um aborrecimento que não gosyo, mas olho o futuro e isso me ajudará a voltar ao circuito no menor tempo possível. Esse objetivo me motiva".

Nadal confessou que passou por várias lesões: "Sofri numerosas lesões mesmo sendo uma pessoa séria de profissional, sempre me tratei ao máximo. Me lesionei mais que todos os meus rivais diretos, mas não creio em falta de sorte pois eles podem ter uma faceta superior a mim, e eu posso ser superior em outras coisas".

 

 

banner
banner