X

Apesar de reclamações, Serena não é o tenista americano mais testado para doping

Sexta, 27 de julho 2018 às 11:14:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Nas últimas semanas a americana Serena Williams ganhou os holofotes em razão da quantidade de testas antidoping aos quais foi submetida. No entanto, informações recentes indicam que outros americanos foram ainda mais testados que ela.



Segundo informações reproduzidas pelo jornalista inglês Tumaini Carayol, Serena não é a tenista mulher mais testada dos Estados Unidos, mas entre os homens a quantidade de testes impressiona.

Os dados, que são públicos por parte da USADA (Agência Norte-Americana de Antidoping) desde 2013, mostram que dentre todos os tenistas americanos — homens e mulheres — Serena é a quinta mais testada, com 41 testes, atrás dos gêmeos Bob Bryan (56 testes), Mike Bryan (43), sua irmã Venus (43), John Isner (42).  

O canhoto Bob Bryan ainda brincou com a situação no Twitter. “Um abraço para o meu agente da USADA, John, que veio à minha casa mais vezes que meus parentes e viu minha intimidade mais vezes que minha esposa”.

 


banner
banner