X

Português reclama de tratamento ruim de ATP de Estoril com locais

Terça, 10 de abril 2018 às 13:26:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Sem convite garantido para a chave principal e tampouco no qualifying do ATP 250 de Estoril, em Portugal, o tenista local Gonçalo Oliveira, 214º colocado, se inscreveu para jogar um challenger na mesma semana, em Ostrava, e reclamou da organização.



“Quando não entrei na primeira lista, meu pai (e treinador, Abílio Oliveira) conversou com João Zilhão (diretor do evento) para saber se poderia me dar garantias para jogar em Estoril. Ele não as deu, nem para simples, nem duplas. Poderia pelo menos ter garantido para o qualifying. Por isso, vou jogar um Challenger na República Tcheca”, disse o tenista ao jornal A Bola.

Zilhão vem tentando Novak Djokovic com um convite para a chave o que se cogita na Sérvia ser uma possibilidade e já disse que o sérvio seria bom "nem que fosse para tomar um chá". O torneio deu um convite ao australiano Alex di Minaur e Oliveira ironizou: "Se ele considera isso, ou atribuir um wild card a um australiano, uma forma de ajudar o tênis português. Estranha forma de ajudar…”

 

banner
banner