X

Médico de Nadal pede cautela, mas diz que retorno deverá ser no saibro europeu

Terça, 06 de março 2018 às 13:44:55 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista ao jornal El País, o médico de Rafael Nadal, Dr. Miguel Ángel Cotorro, falou sobre o difícil momento do espanhol que voltou a sentir dores fortes no músculo psoas-ilíaco e baixou pela primeira vez na carreira de Miami e Indian Wells.



O médico explicou ao jornal que "estranhamente" a lesão é exatamente a mesma que tirou o espanhol do Australian Open, o que é raro de que se repita, mas ressaltou que por ser em um "músculo e não em um nervo" a recuperação é melhor, apesar das "fortes dores" que Rafa sentiu no último treinamento em Acapulco na semana passada.

Dr. Cotorro contou ainda que Nadal ficou muito 'triste" com o retorno da lesão, porque já treinava sem "dores" e de maneira "normal" quando voltou a senti-la. Segundo o médico, a frustração do espanhol é "mais que compreensível" e ajuda inclusive a "manter o tratamento".
Ainda ao jornal espanhol, Dr. Cotorro pontuou que a equipe está positiva em relação ao retorno de Rafa já no saibro do masters 1000 de Monte Carlo, que terá inicio em 1 de abril. "Precisamos que ser otimistas, porque sempre o fomos, mas também temos que ser realistas e agora, vendo o ocorrido, temos que ser o mais prudentes possível. Rafa voltará quando estiver bem", pontuou.

"Pensamos que poderá estar recuperado para a temporada no saibro, esse é o objetivo", revelou ele sem deixar de ter suas precauções: "O normal é que Rafa faça duas ou três semanas de repouso e logo comece uma readaptação à quadra de maneira progressiva, mas sempre em função de como as coisas caminham semana a semana, sem pressa,. A medicina não é uma ciência exata", finalizou.

Esta foi a primeira vez em 15 temporada que Rafa não disputou nem o Masters de Indian Wells e nem o de Miami, a última vez que isso aconteceu foi em 2003, quando o espanhol jogava o circuito de Futures.

banner
banner