X

Stosur se junta a outros tenistas e ataca declarações de Margaret Court

Terça, 30 de maio 2017 às 12:25:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A australiana Samantha Stosur foi mais uma a se juntar aos críticos às controversas declarações da ex-tenista Margaret Court a respeito do casamento entre pessoas do mesmo sexo na Austrália.



“Veja, eu creio que todos devem ter sua opinião e não concordou a opinião de Margaret”, contou Stosur à AAP.

Recentemente Margaret Court, tenista que dá nome à quadra secundária do Australian Open, publicou uma carta em um jornal local comentando que evitaria voar pela companhia aérea australiana Qantas em razão dos comentários favoráveis ao casamento entre pessoas do mesmo sexo feitos pelo CEO da companhia.

A primeira a levantar-se contra Court foi Casey Dellacqua, que postou em sua conta no Twitter outra carta escrita por Court onde ela teria criticado o fato de que Dellacqua e sua parceira teriam um filho. O casal hoje tem dois filhos.

Por sua vez, Stosur pontuou que alguns jogadores poderiam se recusar a jogar na Margaret Court Arena, durante o Australian Open, em protesto aos comentários da ex-tenista.

“A quadra recebeu seu nome em razão do que ela conquistou como atleta”, disse Stosur. “Veremos se seus feitos serão suficientes para sustentar tudo isso quando chegarmos à Austrália e ver quem vai e quem não vai querer jogar na quadra”.

O tenista australiano John Millman e a tenista Jaimmee Fourlis também seguiram a deixa dada por Dellacqua para criticar Court.

“Duas mulheres podem criar uma criança tão bem quanto um homem e uma mulher”, comentou Fourlis, que joga Roland Garros como convidada.

Os comentários geraram grande repercussão na Austrália, chegando até a receber réplicas do Primeiro Ministro, que disse que Court tem o direito de expressar sua opinião e que todo o reconhecimento que ela recebeu foi em virtude de seus feitos como atleta profissional.

 

banner
banner