X

Dylan Alcott é vencedor da Medalha Newcombe em 2016

Quinta, 01 de dezembro 2016 às 16:20:16 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Aos 25 anos, o australiano Dylan Ascott foi premiado com a Medalha Newcombe, premiação máxima concedida à tenistas australianos por suas performances a cada ano. Dois maiores nomes do esporte no país, Kyrgios e Tomic não foram indicados.



Vencedor do Australian Open 2016 para cadeirantes, Dylan Alcott conquistou sua terceira medalha de ouro olímpica no Rio de Janeiro, ao vencer o torneio em simples e duplas, ao lado do também australiano Heath Davidson.

Alcott, que é portador de necessidades especiais desde os primeiros meses de vida, não havia sido indicado ao prêmio em 2016, apesar da conquista do Australian Open e do US Open. Um fato interessante é que, além das duas medalhas conquistadas no tênis em 2016, Alcott também tem outra medalha de ouro conquistada nos jogos de Pequim, em 2008, e uma de prata conquistada em Londres, ambas no basquete para cadeirantes.

“Eu não vou mentir, nós realmente queríamos ganhar este prêmio”, disse Alcott, sobre o prêmio concedido pelo próprio John Newcombe no Palladium Crown, em Melbourne. “Nós temos uma categoria de prêmios para atletas portadores de necessidades especiais, mas eu me vejo como um atleta que apenas precisa de um equipamento a mais para jogar”, comentou aos risos. “Receber um prêmio que, geralmente é concedido à atletas que não precisam deste equipamento significa muito para mim. E espero que sirva de inspiração para tantas outras pessoas mundo afora, especialmente para as crianças.”

Os demais jogadores nomeados foram John Peers, vencedor do ATP Finals em duplas, John Millman, Daria Gavrilova, Jordan Thompson e, a vencedora de três edições do prêmio, Samantha Stosur. Um fato que deixou muita gente curiosa foi a exclusão de Nick Kyrgios e Bernard Tomic, apesar dos bons resultados de ambos na temporada. É provável que a exclusão tenha se dado em razão do comportamento controverso de ambos, na recusa em representar a Austrália nas Olimpíadas e dos problemas do duelo da Copa Davis em fevereiro.

banner
banner