X

Graças a Deus não deixaram me retirar, vibra Del Potro

Domingo, 27 de novembro 2016 às 17:54:09 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após o emocionante triunfo virando de dois sets abaixo contra Marin Cilic, sexto colocado, para empatar a final da Copa Davis contra a Croácia em 2 a 2, Juan Martin Del Potro comemorou e destacou como um dos maiores triunfos de sua carreira.



Leia Mais:

Del Potro renasce das cinzas e empata final para a Argentina em vitória emocionante

"É uma das partidas mais importantes de minha vida pelas emoções. Será melhor ainda se terminar tudo bem. Graças a Deus não me deixaram retirar, agora estou aqui", disse o tenista após vitória por 6/7 (7/4) 2/6 7/5 6/4 6/3 após 4h53min.

"Os dois estavam cansados mas tratamos de não demonstrar, mas conheço muito o Marin. A partida estava clara para ele porque eu não fazia dano com meu backhand. No terceiro consegui ir pra cima e ele se cansou mais. No último set no primeiro game machuquei meu dedo (mão direita mindinho)".

banner
banner