X

Romboli, João Vitor e Pikachu vencem na Colômbia

Quarta, 17 de janeiro 2007 às 15:28:07 AMT

Link Curto:

Tênis Juvenil
Fernando Romboli manteve a condição de cabeça-de-chave um e não teve problemas para avançar no Barranquilla Tennis Junior Tournament – segunda etapa do Circuito Cosat. Na noite desta terça-feira, 16, o tenista da equipe EGA/Localfrio derrotou o colombiano Juan Flores, convidado da organização, por duplo 6/2.

"Estou me sentindo muito bem. Não sinto cansaço apesar das três semanas seguidas", afirmou o brasileiro, que pretende encerrar na Colômbia sua primeira série de competições e deve voltar somente na etapa paraguaia.

Na próxima rodada, Romboli - patrocinado por Localfrio, com apoio de Kirschbaum, Wilson, Adidas e SESC – enfrenta o chileno Aaron Dujovne Fischmann, de 16 anos e 242º da ITF. O brasileiro é o atual quatro colocado no ranking mundial juvenil.

Na chave de duplas, Romboli também é o principal favorito. Ao lado do chileno Guillermo Rivera, a parceria estréia contra o italiano Salvatore Carbone e o austríaco Manuel Proell. Os dois compromissos do brasileiro acontecem ainda nesta quarta-feira, 17.

EGA – Outros dois tenistas da EGA Tennis Academy também avançaram na Colômbia. O paulista Ivan Castro (EGA/Atomic) passou pelo local Jose Daniel Bendeck com duplo 6/3. Sua próxima partida promete ser mais complicada. O brasileiro enfrenta o 11º cabeça-de-chave do evento, o romeno Constantin Tanase.

Outro tenista da EGA protagonizou a principal surpresa da primeira rodada do torneio. O capixaba João Victor Costa bateu o venezuelano Roberto Maytin, terceiro cabeça-de-chave e 24º na ITF, por duplo 6/4. Seu próximo adversário será o austríaco Manuel Proell.

Já paranaense Gustavo Andrade não teve a mesma sorte. Depois de furar o qualifying, ele caiu na estréia para o esloveno Enej Bonin, por 6/3 e 6/2. E o mato-grossense João Bosco Costa entrou na chave principal como lucky loser e perdeu para o norte-americano Jonathan Wollf, por 6/2 e 7/5.

Em sua primeira partida na temporada 2007, seu primeiro ano na categoria 16 anos, o cuiabano João Vitor Fernandes conseguiu uma excelente vitória sobre o argentino Kevin Prando na estréia da Copa Carulla – segunda etapa do Circuito Cosat, realizada em Cali, Colômbia. O brasileiro, cabeça-de-chave número 13 da competição, aplicou 6/2 e 6/1 sobre o oponente, que havia saído do qualifying.

Na próxima rodada, Fernandes – patrocinado por TAM Linhas Aéreas, UNIC (Universidade de Cuiabá), Hotel Global Garden e Head, com apoio do Governo do Estado do Mato Grosso – encara o equatoriano Juan Escobar, que passou pelo argentino Thomas Buchhass, por 2/6, 6/4 e 6/4.

Durante as etapas do Circutio Cosat, o tenista matogrossense tem a companhia do técnico Marcelo Rebelo (Cascata). Depois da Colômbia, o garoto vai ao Equador e Peru.

O jovem Matheus Costa se recuperou do susto que levou em Valencia, Venezuela - quando foi assaltado antes de viajar para a segunda etapa do Circuito Cosat, em Cali, Colômbia - e conseguiu sua primeira vitória na temporada 2007. O tenista do GTC/Instituto Superação, cabeça-de-chave número cinco da categoria 14 anos, passou pelo boliviano Boris Arias, por 6/4 e 6/1, na estréia da competição.

Na próxima rodada, o garoto - patrocinado pela Fundação Aquarela, Adidas, Head, Kirschbaum, Maficar e G&B - vai enfrentar o chileno Rodrigo Encinas, que venceu o colombiano Alberto Patiño, por duplo 6/4.

Susto - Pouco antes de embarcar para a Colômbia, Matheus Costa foi assaltado ao descer de um taxi em Valencia, Venezuela - onde disputou a primeira etapa do Cosat e foi campeão de duplas. Ao sair do carro, o garoto foi abordado por ladrões que levaram sua raqueteira com diversos pertences, incluindo raquetes, cordas e dinheiro. Assustado, o jovem viajou para Cali sem qualquer material para competir e teve de aguardar a chegada de novos equipamentos.

Fonte: Imprensa Tennis Press
banner
banner