X

Melo afirma que Bryans não estão dominantes esse ano e mira Wimbledon

Terça, 09 de junho 2015 às 13:20:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Ariane Ferreira - Sorriso estampado e a réplica do troféu de Roland Garros na mão (o original fica em Paris), Marcelo Melo e seu irmão e técnico Daniel concederam entrevista coletiva nesta terça-feira em São Paulo e revelaram a emoção do título.



Melo conquistou Roland Garros junto com o croata Ivan Dodig ao vencer a melhor dupla da história, os irmãos Bob e Mike Bryan por 6/7 (7/5) 7/6 (7/5) 7/5: "Eles são a maior dupla da historia. Só tem um jeito de ganhar deles. É montar um esquema de jogo, estar afiado e confiar", disse o tenista que confessou nervosismo para fechar o jogo com o seu serviço: "Passou um segundo que eu estava a um game de ganhar um Grand Slam. Procurei estar vivendo o presente para controlar a ansiedade. Evitei pensar que poderia conquistar o título antes de jogar. Naquele dia, desliguei o celular desde cedo. Fiquei totalmente concentrado”, afirmou o mineiro.

No meio da partida, Gustavo Kuerten, tricampeão de Roland Garros, entrou na arquibancada para apoiá-lo: "Eu nem sabia que o Guga estaria tão perto da quadra. Eu sabia que ele estaria lá, mas não tao perto. Sabia q ele tinha passado por aquilo três vezes e qualquer mensagem que ele me passasse seria positiva".

Marcelo e Ivan assumiram a primeira posição do ranking do ano com a conquista 15 pontos a frente dos italianos Simobe Bolelli e Fabio Fognini e pouco mais de 100 dos irmãos Bryan: "Os Bryan esse ano não começaram tão bem quanto nos ultimos 15 anos. Mas são eles. Está mais aberta a competição. Um mínimo detalhe define. Daniel e eu estamos vendo o circuito mais equilibrado."

Melo agora se concentra na disputa o torneio de Wimbledon. Ele jogará pelo menos um torneio preparatório na grama, em Notingham, com foco no sonho de ganhar o Grand Slam do piso que escapou em 2013 contra os Bryans: "Meu piso favorito é a grama. Tem uma preparação especial. A grama quando vc chega você fica com as pernas doloridas, mas jogando um torneio prévio ajuda."

Por fim, Melo agradeceu ao carinho dos fãs com a hashtag no twitter #somostodosgirafa que bombou nas rede sociais e falou da importância de Daniel no comando técnico: "Viajar com o irmão é importante. Muita gente falou que não daria certo. A gente sabe separar o momento de ser irmão e treinador. A presença dele demana muito minha atenção, olho pra ele em quase todos os pontos. O treinador do Ivan falou pra ele focar calmo se não vai ter um infarto vendo um jogo (risos)."

 

banner
banner