X

Cañas bate Saretta e leva troféu em Assunção

Sábado, 18-11-2006 20:44

Link Curto:

Flavio Saretta - BH III
O argentino Guillermo Cañas, 162º do mundo, levantou mais um troféu neste sábado após derrotar o brasileiro Flávio Saretta, 132º, por 6/4 6/1. Ele conquistou a quinta e última etapa da Copa Petrobras de Tênis realizada em Assunção, no Paraguai, evento que distribuiu US$ 75 mil em prêmios e ofereceu hospedagem aos tenistas.

Saretta teve boas chances no primeiro set. Ele saiu atrás com 3/1 e 4/2, mas conseguiu igualar com 4/4. Depois disso o brasileiro desperdiçou chances e com muitos erros cedeu o set ao rival. Na segunda parcial, o tenista de americana parecia cansado, muito pelas duas últimas partidas desgastantes que fez nas quartas com Ricardo Mello e nas semi com Daniel Koellerer. Cañas se aproveitou abriu 5/0 e fechou em 6/1, sem dificuldades.

Saretta havia jogado partidas decididas no terceiro set nos três jogos anteriores. “Acho que o físico foi um fator determinante. Até o 4/4 foi muito parelho, mas aí ele jogou bem e não tive mais forças para lutar muito”, disse o tenista de Americana, estafado, que na premiação comemorou a chegada das férias.

“Apesar da derrota, eu saio daqui para as férias com a sensação de dever mais que cumprido”, continuou o jogador, que se casa neste mês. “De qualquer jeito, acho que essa subida de produção já é efeito do trabalho com o João Zwetsch (treinador). Se tivesse vindo sozinho para cá certamente o resultado seria outro.”

O argentino, 8º do mundo em junho de 2005, suspenso por doping até setembro desse ano, fatura sua terceira etapa da Petrobras e quarto título no ano. Ele dará um grande salto e ficará perto do grupo dos 130 melhores com a soma de 70p ontos no ranking de entradas. Mesma posição deve ocupar Saretta que soma 49 pontos na tabela.

"A Copa Petrobras foi muito importante para voltar, jogar bem e ser convocado. Foram todos torneios muito fortes e precisei estar muito bem preparado”, disse o jogador, que vai integrar o time da Davis na final contra a Rússia entre os dias 1 e 3 de dezembro em Moscou.

Ele mesmo se surpreendeu com a performance no circuito sul-americano de challengers. “Não esperava ganhar três de quatro etapas, mas tinha muita confiança e é com confiança que vou para a Rússia”, concluiu.

Guillermo Cañas, Sergio Roitman, Diego Hartfield, Martin Vassallo-Arguello, todos argentinos, mais Saretta se reunem na etapa Masters da Petrobras que será disputada entre os dias 4 e 10 de dezembro no Rio de Janeiro. O torneio distribui US$ 100 mil em premiação e não conta pontos para o ranking. Ainda serão dados mais três convites para formar o grupo de oito jogadores dividos num sistema round-robin de dois grupos de quatro.
teninews.com.br
br.jooble.org