X

Mudanças no Programa Antidoping 2015

Sexta, 26 de dezembro 2014 às 10:28:16 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Gilbert Bang - As modificações no Programa Antidoping 2015 abordam mais questões administrativas do que relacionadas às substâncias e métodos proibidos. Todo jogador sujeito aos testes antidoping deve colaborar com o Programa. Veja mais posts sobre Tênis e Saúde



Sempre que selecionado para o exame, o atleta deve informar suas punições anteriores. O jogador que, no período de 12 meses, não realizar três testes antidoping quando convocado poderá ser punido (anteriormente, esse período era de 18 meses).

Em relação a substâncias terapêuticas: - substâncias terapêuticas consideradas proibidas podem ter seu uso autorizado por meio de Formulário de Isenção de Uso Terapêutico (TUE – Therapeutic Use Exemption). O uso dessas substâncias só é permitido após a aprovação da WADA, ou seja, o envio do formulário não significa autorização imediata;

- o jogador precisava esperar o comunicado oficial para poder usar as medicações, mas a partir de 2015, o jogador poderá enviar o formulário depois de começar a usar a substância, mas continuará sujeito à avaliação e aprovação daquela entidade, que tem o poder de decisão sobre a ITF e entidades nacionais.

Em relação ao passaporte biológico:
- quando houver suspeita de uso de substâncias ou métodos proibidos através da análise longitudinal de marcadores biológicos, a suspensão provisória passa a ser obrigatória até o julgamento final.

Em relação às competições:
- o jogador que está fora do circuito e pretende retornar às competições oficiais deve informar às entidades com antecedência de seis meses (esse período era de três meses) e já poderá ser convocado para testes antidoping nesse período.

- se o regulamento do torneio exigir a presença do jogador um dia antes de seu jogo, ele já é considerado jogador em competição e estará sujeito às regras pertinentes (lembre-se que há regras para situações “em competição” e “fora de competição”).

Lembre-se: portar substâncias proibidas também é considerada violação e está sujeito à punição. Tenha sempre em mãos uma autorização para uso das substâncias que carrega (ex: receituário médico, prescrição de suplementos).

Em tempo: em época de selfies, o jogador não pode fotografar ou filmar o processo do exame antidoping!

Sobre Gilbert Bang

Gilbert Bang é médico fisiatra, mestre em Ortopedia e Traumatologia, médico do Centro de Reabilitação do Hospital Albert Einstein (SP), membro da Society for Tennis Medicine and Science (STMS).

Fale com o Bang: gilbertbang@hotmail.com

banner
banner