X

Para Melo, Bryans seguiriam dominando com Federer/Nadal na dupla

Quarta, 10 de dezembro 2014 às 09:21:23 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Fabrizio Gallas - Ainda no bate-papo com o Tênis News, Marcelo Melo, sexto do mundo nas dupla, relatoum os motivos pelos quais os irmãos Bryan são tão dominantes e apostou que mesmo com Roger Federer e Rafael Nadal priorizando a categoria, os gêmeos manteriam a ponta.

Marcelo e Dodig já derrotaram mais de uma vez os irmãos Bryan, mas bateram na trave na decisão do ATP Finals. O brasileiro comentou o quão difícil é parar os gêmeos que finalizaram 2014 como o 10º ano no topo: "É indiscutível o domínio e o quanto eles são bons pelo que já ganharam. O segredo contra eles é entrar bem e 100% conectado do primeiro ao último ponto , eles são tão bons porque não dão margem para erro aos adversários. Primeira bobeada que os rivais dão, eles aproveitam e tomam conta do set e do jogo. É a evolução é não dar tanta chance , especialmente no início de cada set, é um fato importante quando for enfrentá-los. Na final do Finals primeiro set conseguimos manter, mas no segundo caímos. É conseguir manter o bom nível no início do set e depois para aproveitar alguma chance".

Quando questionado se Roger Federer/STan Wawrinka, campeões Olímpicos em 2008, e Rafael Nadal, com títulos de Masters nas duplas no currículo, poderiam frear este domínio dos americanos, o mineiro respondeu: "Poderia ser mais difícil para eles, Federer e Nadal estão num nível altíssimo de técnica, mas em termos de conhecimento de técnicas de dupla os Bryans são superiores. Eles poderiam complicar um pouco, mas os Bryans continuariam sendo a dupla número 1," seguiu o brasileiro que falou de si: "Sim, seria mais complicado um pouco pra gente (eu e Bruno), mas com certeza somaríamos mais pontos que eles (Federer. Nadal, Wawrinka)."
banner
banner