X

Retrospectiva Janeiro - Stan, The Man

Terça, 09 de dezembro 2014 às 08:28:33 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Ariane Ferreira - Abrindo uma temporada diferente e cheia de surpresas Stan Wawrinka fez história quebrando a hegemonia do “Big 4” em torneios do Grand Slam. Roger Federer teve bom inicio de ano. João Souza, o Feijão, tornou-se o número um do Brasil.

O ano no circuito masculino começou com a semana dos torneios em Brisbane (Austrália), Doha (Qatar) e Chennai (Índia). Na Austrália, Roger Federer chegou à grande final. Nela encontrou o ídolo local e também ex-líder do ranking, Lleyton Hewitt, a quem não enfrentava no circuito ATP desde 2010. Hewitt surpreendeu e ficou com o título.

Doha e Chennai se apresentaram sem surpresas na chave com Rafael Nadal e Stan Wawrinka campeões dos respectivos torneios.

Na mesma semana acontecia o Aberto de São Paulo, então maior challenger do mundo (em premiação). Nele, o paulista João Souza deu inicio ao seu bom ano. Feijão encontrou uma chave difícil superou o gaúcho André Ghem, os fortes argentinos Agustin Velotti e Guido Pella e na final bateu o colombiano Alejandro Gonzalez. O título lhe deu a condição de número um do Brasil pela primeira vez.

No feminino o ano abriu com o WTA Premier de Brisbane onde Serena Williams se sagrou campeã. Ao mesmo tempo em Auckland (Nova Zelândia) outra ex-líder do ranking feminino, Ana Ivanovic, mostrou que queria um 2014 diferente e ficou com o título ao bater Venus Williams, outra ex-número um. No estreante torneio de Shenzhen (China) nada de surpresas e Na Li ficou com a taça.

A sequência do circuito ATP marcou, sem surpresas, o argentino Juan Martín Del Potro garantindo o título em Sidney (Austrália). Na mesma semana, em Auckland, o norte-americano John Isner passou perrengue, mas ficou com a taça. O troféu neozelandês em duplas foi o único do mineiro Marcelo Melo no ano. No torneio, ele disputou a chave ao lado do austríaco Julian Knowle.

No feminino, o WTA Premier de Sidney marcou o primeiro título da carreira da búlgara Tsvetana Pironkova. A espanhola Garbiñe Muguruza também estreou no hall das campeãs da WTA ao conquistar seu primeiro título em Hobart (Austrália).

Deu-se inicio ao Australian Open, onde Thomaz Bellucci começou o ano e deu mostras de que poderia ter um bom ano ao furar o qualificatório como 165º do mundo e ser eliminado por Jo-Wilfried Tsonga, então 10º da ATP, na segunda rodada.

Marcelo Melo jogou duplas em Melbourne ao lado do croata Ivan Dodig, seu parceiro fixo, e parou nas oitavas de final diante da parceria do sueco Robert Lindstedt e o polonês Lukas Kubot, que foram os campeões do torneio. Bruno Soares, ao lado do austríaco Alexander Peya, parou na mesma fase contra Nicolas Mahut e Michael Llodra.

Na chave principal do masculino o búlgaro Grigor Dimitrov, que foi quadrifinalista surpreendeu ao jogar um belo torneio. Parou em Rafael Nadal que disputou o torneio com uma bolha enorme na mão, mas foi firme para bater Roger Federer na semifinal. Andy Murray parou em Federer nas quartas.

Tomas Berdych foi semifinalista do torneio, mas chamou atenção e virou piada na internet pelo outfit que lembrava a roupa dos “Bananas de Pijamas”. Stan Wawrinka foi firme, bateu o espanhol Tommy Robredo nas oitavas, o sérvio Novak Djokovic nas quartas em batalha e Berdych na semi, jogando apenas as duas primeiras rodadas contra não-favoritos. Na grande final dominou o lesionado (nas costas) Nadal e garantiu seu primeiro troféu de Grand Slam quebrando uma hegemonia de Federer, Nadal, Djokovic e Murray desde o US Open 2009, quando Del Potro levou o troféu.

Na chave feminina também houve surpresas, Ivanovic parou Serena nas oitavas de final e na sequência foi surpreendida pela canadense Eugenie Bouchard, que chegou à semi e foi a sensação do torneio. A canadense parou em Na Li, vice-campeã no ano anterior. No lado debaixo da chave, a eslovaca Dominika Cibulkova foi fazendo fila derrubando Carla Suarez Navarro na terceira rodada, Maria Sharapova, Simona Halep e Agnieszka Radwanska, todas favoritas em sequência. Mas parou na final na solidez da chinesa Na Li.

O torneio australiano foi marcado por retiradas e por um incidente, onde o canadense Frank Dancevic desmaiou em quadra quando jogava sob sol de 38ºC contra Benoit Paire e teve uma “visão” do personagem animado Snoopy. As temperaturas passaram constantemente dos 40º C com muita reclamação dos atletas e paradas pela política do calor.
banner
banner