X

Mãe e Filha perdem em Itajaí

Terça, 07 de novembro 2006 às 21:24:32 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A dupla formada entre Gisele Miró e Isabela Miró, mãe e filha, não conseguiu avançar às quartas-de-final das duplas na 1a Copa Feminina Instituto Tênis. Elas perderam das argentinas Rocio Amadio e Emilia Yorio, parciais 6/2 6/4.

A mãe, que em 1987 foi campeã pan-americana, é também treinadora de Isabela e declarou que o jogo não foi o seu retorno ao tênis competitivo. "Joguei porque acho importante pra Isabela adquirir essa experiência profissional. Ela joga bem dupla, foi campeã do brasileirão na categoria 14 anos, e esse foi o primeiro torneio profissional", disse a mãe, que entrou na competição após receber um wild card na Federação Catarinense de Tênis pela participação da filha em torneios infanto-juvenis e nível técnico em quadra.

Gisele recentemente completou 38 anos. A filha, Isabela, fez 14 anos em outubro. A parceria no tênis profissional não foi confirmada como inédita pela Federação Internacional (ITF), porém é rara e a campeã pan-americana sente-se privilegiada por isso. "Eu ansiava muito por esse momento. Há uns anos atrás eu ainda jogava bem tênis, estava em forma, e queria que ela crescesse logo para me acompanhar. É um privilégio poder jogar com a filha, uma oportunidade rara. Várias mães me falavam fora da quadra que também queriam aquele momento", disse Gisele.

Já a filha, apaixonada por tênis e treinada pela mãe desde os 4 anos, conta um pouco da segurança que sente ao jogar com a mãe. "Ela protege, puxa a responsabilidade, tem aquele apelo maternal. É muito bom, mas ao mesmo tempo que dá segurança, também é um pouco de pressão, pois além de mãe e treinadora, ela é ídola", disse Isabela, que quer se profissionalizar no tênis e por enquanto segue disputando torneios infanto-juvenis do circuito sul-americano (COSAT) e ITF Juniors (Federação Internacional). Isabela inaugura agora uma nova fase. A tenista paranaense será acompanhada nos torneios pelo ex-tenista profissional e atual técnico Ricardo Schlachter, natural de Joivnille (SC).

Nesta quarta-feira acontecem os jogos válidos pelas oitavas-de-final de simples e quartas-de-final de duplas da 1a Copa Feminina Instituto Tênis, que vai até o próximo dia 11, sábado. Também será realizada, na quarta-feira, a primeira rodada do pré-qualifying para a 2a Copa Feminina Instituto Tênis, com inscrições aceitas até as 10 horas. A 2a Copa Feminina Instituto Tênis acontecerá em Florianópolis, entre os dias 11 e 18 de novembro.

Fonte: Imprensa FCT
teninews.com.br
br.jooble.org