X

Djokovic derrota Federer e estreia com vitória no ATP Finals

Terça, 05 de novembro 2013 às 20:58:07 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O sérvio Novak Djokovic segue voando neste final de temporada e provou isso mais uma vez nesta terça-feira ao bater o suíço Roger Federer em partida que encerrou a primeira rodada do ATP World Finals, torneio que reúne os oito melhores da temporada em Londres (Inglaterra).

A exemplo do que aconteceu na última semana em Paris, Nole levou a melhor em jogo equilibrado onde prevaleceu com sua melhor forma física no terceiro set, anotando 6/4 6/7 (7/2) 6/2 sobre o atual sétimo colocado do ranking em 2h22min de duelo.

Ao todo foram nove aces e duas dupla-faltas do sérvio na partida, onde disparou 29 winners e cometeu 33 erros não-forçados. Federer, por sua vez, encaixou cinco aces e cinco dupla-faltas, 27 bolas vencedoras e 45 equívocos.

Djokovic segue imparável neste final de temporada. Ele não perde desde a final do US Open e acumula agora sua 18ª vitória consecutiva. No confronto direto contra o suíço, o sérvio agora diminui a desvantagem para 16 a 15.

Nole lidera o Grupo B do ATP Finals ao lado do argentino Juan Martin Del Potro, que ontem bateu Richard Gasquet também em três sets, mas o sérvio leva vantagem nos critérios de desempate. Os dois se enfrentam na próxima rodada e quem levar a melhor praticamente se garante nas semis. O francês e Federer também duelam e o perdedor provavelmente dá adeus ao torneio.

O Jogo

O primeiro set foi equilibrado. Com os dois tenistas sacando bem, a definição veio apenas no décimo game, quando Djokovic conseguiu a quebra crucial para fechar por 6/4.

Na segunda etapa, o suíço foi melhor. Ele quebrou no quinto game, foi quebrado no game seguinte, mas voltou a derrubar o serviço de Nole e chegou a sacar para fechar com 5/4. O sérvio devolveu a desvantagem e levou para o tie-break, mas Federer manteve a superioridade e anotou 7/6 (7/2) para empatar a partida.

Contudo, no terceiro set, a exemplo do que aconteceu semana passada nas semifinais do Masters 1000 de Paris, o sérvio sobrou na parte física e dominou. Saiu quebrando logo de cara e depois confirmou após game duro salvando break-point para fazer 2/0. Ele então seguiu dominando a partida, quebrou de novo no quinto game e administrou bem o serviço para fechar com 6/2.
banner
banner