X

Ghem fica com o vice em Rio Quente

Sábado, 11 de maio 2013 às 16:31:53 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Mesmo com o apoio da torcida que lotou a quadra central do Rio Quente Resort, ainda não foi desta vez que André Ghem conquistou o 2o título Challenger da carreira. O norte-americano Rajeev Ram virou o jogo, fez 4/6 6/4 6/3 e levantou o troféu do II Rio Quente ATP Challenger.

A competição que terminou neste sábado, distribuiu um total de US$ 35 mil em prêmios mais hospedagem.

O jogo foi bastante equilibrado, com os dois jogadores sacando muito bem. Ghem conseguiu devolver bem e passar algumas bolas logo no começo da partida e aproveitou para, com uma quebra, fazer 6/4. Ram teve a mesmo oportunidade no segundo set e devolveu o placar. No terceiro, o brasileiro cometeu uma dupla falta e perdeu seu saque quando estava 3x2 para o adversário. O norte americano só precisou confirmar o próprio serviço para ganhar por 6/3. "Foi um jogo muito duro hoje, o Ghem jogou muito bem e estou muito feliz em ser campeão aqui. É um lugar muito especial, muito bonito e espero voltar no próximo ano", disse Ram que agora segue para Roland Garros.

Com a vitória de hoje, Ram, 108o do ranking e detentor de oito títulos de ATPs, um de simples em Newport e sete de duplas, vai somar 80 pontos e ganhar U$ 5 mil em premiação. "Devo baixar de 100 no ranking desta segunda-feira, o que permitirá ingresso direto na chave de Wimbledon, que fecha nesta segunda-feira e que era um dos meus objetivos", completou Ram, que tem como piso preferido a grama.

André Ghem, 304o na ATP, também estava feliz com o tênis apresentado durante a semana e o vice-campeonato que garante US$ 3 mil em prêmios e 48 pontos na lista da ATP.

"Estou bem feliz, mesmo sendo vice-campeão. Este lugar tem uma energia que faz com que a gente jogue bem. Já fui campeão aqui e agora esses pontos serão muito bem-vindos, já que vou para a Europa e com um ranking melhor, entro direto nos melhores torneios", falou Ghem.

Na final de duplas, Marcelo Demoliner e Fabiano de Paula venceram Ricardo Hocevar e Leonardo Kirche em dois sets, parciais de 6/3 6/4. Os campeões dividem um prêmio de US$ 2,2 mil e ganham mais 80 pontos. Os vice-campeões ficam com US$1,25 mil e 48 pontos.

Demoliner, atual terceiro melhor duplista brasileiro, deve ficar entre os 80 primeiros da lista nesta segunda-feira e busca um parceiro para jogar Roland Garros.

"Acredito que devo ficar entre 76o e 77o na lista de duplas, por isto estou procurando um jogador com ranking abaixo de 60 para entrar na chave de duplas de Roland Garros. Se não der, vou tentar jogar alguns ATPs na Europa. Entro na chave de duplas e jogo o quali de simples", explicou Demoliner.

Fabiano de Paula também está entusiasmado com a primeira viagem para a Europa, na próxima semana. "Vou confiante e tentando aproveitar esta minha primeira experiência na Europa para conseguir bons resultados nos Challengers de lá".
banner
banner