X

Sánchez Vicario pede demissão e agrava situação do tênis feminino espanhol

Segunda, 17 de dezembro 2012 às 11:43:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A capitã espanhola na Fed Cup, Arantxa Sánchez Vicario, pediu demissão de seu cargo em apoio às muitas jogadoras do país que se manifestaram recentemente contra o presidente da Real Federação Espanhol de Tênis (RFET), José Luis Escañuela. A informação é do jornal MARCA.

Ex-número um do mundo, Arantxa havia assumido seu cargo em 29 de dezembro de 2011, quando a equipe caiu para a segunda divisão dogrupo mundial do torneio depois de perder de Rússia e Eslovaquia.

O pedido de demissão ou sua efetivação por parte da RFET já era aguardada. Em 2012 a ex-capitã publicou uma autobiografia, que gerou polêmica. Além disto, houve o embate público com Anabel Medina, uma das principais jogadoras espanholas, e o desacordo com Escañuela, a quem fez críticas ferrenhas, unindo-se às jogadoras que o criticavam.

A RFET demorou, ms se pronunciou sobre a saída de Arantxa. De acordo com o texto do comunicado, o depatramento esportivo, comandado por Albert Costa, está procurando por uma substituta. Não há nomes. O contrato de Arantxa iria até o próximo dia 31.

Com a imprensa espanhola, Arantxa falou sobre seu pedido de demissão: "O último incidente em que um grande número de jogadoras romperam ligações com a RFET foi determinante. Não posso ignorar a maioria das jogadoras e ficar de lado", finalizou.
banner
banner