X

Djokovic salva 4 match-points, vira de forma incrível e pega Federer

Terça, 05 de junho 2012 às 15:20:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Novak Djokovic mostrou porque é o número 1 do mundo. Foi levado ao limite, salvou quatro match-points, saiu das cordas e virou batalha de cinco sets e 4h09min contra o francês Jo-Wilfried Tsonga, quinto colocado, atingindo as semifinais de Roland Garros.

Leia Mais:
Federer vira batalha de 5 sets contra Del Potro
Não sei como virei esse jogo, diz Djokovic

O sérvio derrotou o rival por 3 sets a 2 com parciais de 6/1 5/7 5/7 7/6 (8/6) 6/1 em batalha na quadra Philippe Chatrier, a principal, com torcida de 15 mil pessoas contra na tarde com leve garoa na capital francesa.

Djokovic atinge pela quarta vez a semi em Paris repetindo 2007, 2008 e 2011 e lutará por sua primeira final na Cidade Luz.

Nesta sexta-feira ele vai tentar a revanche da derrota ano passado diante de Roger Federer que venceu em cinco sets, também de virada, o argentino Juan Martin Del Potro. Este será o 26º jogo entre os dois. Federer lidera por 14 a 11, mas o natural de Belgrado venceu os dois últimos.

Djoko tenta ser o 1º desde Rod Laver em 1969 a alcançar quatro títulos de Majors consecutivos. Ele até agora soma 26 triunfos seguidos neste tipo de evento.

O jogo

Djokovic começou com tudo e Tsonga adormecido. O sérvio quebrou logo no quarto game, abriu 4/1 e ampliou a margem para fechar por 6/1 com facilidade em 21 minutos.

Tudo parecia caminhar com facilidade quando Djokovic abriu o segundo set com quebra, mas uma vacilada e Tsonga virou para 4/3. O sérvio então sacou em 5/6, teve smashes na mão, desperdiçou. Tsonga foi pra cima e com passada venceu a parcial em 7/5.

Na terceira parcial situação parecida. Nole começou na frente com quebra, mas levou a virada e no finalzinho nos games decisivos o sérvio falhou e o francês usou a torcida para quebrar e fechar.

No quarto set o jogo ficou ainda mais parelho e emocionante com os dois batalhando muito. Tsonga conseguiu dois match-points no décimo. No primeiro ele foi conservador e no segundo Nole aplicou winner para confirmar. No 12º game mais dois match-points, Tsonga foi pra cima, tentou winner, mas errou e Nole levou ao tie-break com bom saque. No desempate Nole abriu 6 a 4, Tsonga salvou dois set-points, mas o sérvio usou a experiência para fechar no detalhe por 7/6 (8/6).

Djokovic começou melhor o set final usando a confiança pela vitória no set anterior e vendo Tsonga diminuir a intensidade. O sérvio marcou 3/0 e teve um game complicado em seguida após 40/40, conseguindo confirmar. Três erros de Tsonga fizeram com que nole quebrasse de novo e encaixasse um winner de revés para fechar e vibrar muito.
banner
banner