X

Nadal faz autocrítica e diz que precisa melhorar parte mental

Quarta, 14 de dezembro 2011 às 16:04:03 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal não escondeu uma certa frustração com seu desempenho irregular na temporada 2011. O espanhol atribuiu sua queda de rendimento à parte mental e disse que precisa estar melhor do que os outros nesse aspecto para que possa levar vantagem nos jogos.

Rafa admitiu que seu jogo necessita de muita concentração e confiança: "É evidente que, se você está cansado mentalmente, isso se nota. Aconteceu com Djokovic no Masters. Mas se você tem um golpe decisivo, como Federer, basta acertar um saque ou uma bola vencedora e isso tem menor importância" - afirmou.

Diante disso, ele mostrou que precisa recuperar seu conhecido poder de definição: "Ou estou bem ou as coisas ficam mais complicadas. Tenho que estar bem mentalmente, algo que considero um dos pontos mais fortes de minha carreira. Por isso, vou trabalhar para voltar a esta condição" - contou.

Nadal quer, acima de tudo, recuperar a paixão por competir: "Preciso estar mais concentrado que Federer, Murray e Djokovic, porque eles têm bolas mais definidoras que as minhas. Senti muito desgaste mental. Tenho treinado bem, mas na hora de competir faltou um pouco mais de paixão pelo jogo, de intensidade em meus golpes, nas minhas pernas e na minha cabeça" - analisou.

Sobre os duelos contra Djokovic, Nadal minimizou as frequentes derrotas: "Não estive em meu melhor nível contra ele, a verdade é essa. Muito tem sido dito sobre meu forehand não causar dano contra o revés dele. Bem, dano fez no passado, em Indian Wells causava dano, em Miami causava dano. Vejo mais como um problema na parte mental. O melhor que tenho feito foram três bolas boas ali, mas não me sentia preparado para dar a quarta, a quinta, a sexta e a sétima. Com três, não causou tanto dano, mas com mais batidas vai causar. Quero melhorar essa parte não só para enfrentá-lo, como para toda a temporada que vem" - encerrou.
banner
banner