X

Nadal vira duelo memorável com Del Potro e dá título para Espanha

Domingo, 04 de dezembro 2011 às 14:27:22 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Em mais um jogo memorável neste final de semana a Espanha consolidou o título da Copa Davis 2011, o quinto do país na competição, com vitória de Rafael Nadal, número dois do mundo, sobre Juan Martin Del Potro, 11º colocado, neste domingo após batalha de 4h08min.

Leia Mais;
Veja como foi essa partidaça!
Nadal vibra: 'É incrível, maneira perfeita de fechar o ano!'
Siga o Tênis News no Twitter!

O Touro Miúra chegou a estar atrás no placar, mas virou para vencer por 3 sets a 1 com parciais de 1/6 6/4 6/1 7/6 (7/0) em duelo disputado no saibro de Sevilha.

A Espanha repete a vitória sobre a Argentina em Mar del Plata em 2008 e também as conquistas de 2000, 2009 e de Sevilha em 2004 quando Nadal surgia pro tênis derrotando o então favorito Andy Roddick em final contra os Estados Unidos.

A Argentina perde pela quarta vez uma final de Davis assim como 2008, 2006 e 1981 frustrando o sonho dos sul-americanos.

Nadal, que perdeu seu primeiro set por 6/1 na maior competição por nações do esporte, vence sua 20ª partida seguida em Copa Davis (perdeu apenas um jogo nas 21 realizadas) e 16ª em 16 jogos sobre o saibro.

O jogo

Del Potro começou nervoso, dando duas duplas-faltas e perdendo o saque. Mas Nadal também jogava bolas curtas e o argentino partiu pra cima dominando com a direita conseguindo três quebras para fechar por 6/1 após 1h02min. Apesar do placar, Nadal teve ao todo cinco breaks em dois games de saque do argentino, mas acabou levando pedradas. Foram 18 winners do argentino no set, 14 no forehand. Nadal aplicou apenas três vencedoras.

Delpo começou animado na segunda etapa quebrando e tendo 40/0 no saque. Mas eis que alguns erros e uma melhora de Rafa o colocaram de volta para virar para 2/1. O duelo foi seguindo então com os dois firmes confirmando seus serviços. Nadal teve um break no oitavo game, mas cometeu erro bobo no forehand. No 5/4 ele contou com dois erros de Delpo e no set-point saiu bem da defesa pro ataque e com smash certeiro venceu por 6/4 em 58 minutos dando um salto de vibração.

Na terceira etapa Delpo sacou com 40/15 no segundo game, mas Nadal veio voando para quebrá-lo. Rafa abriu 3/0 e Delpo baixou a cabeça, mostrou todo o cansaço das quase cinco horas jogadas na sexta-feira contra David Ferrer. Assim Nadal dominou os pontos, mostrou confiança, tornou a quebrar com uma bela passada de forehand e fechou por 6/1 em 43 minutos.

Na quarta etapa parecia que Nadal atropelaria ao abrir 2/0. Mas a raça argentina entrou no coração de Delpo que foi pra cima quebrando e igualando com 2/2 diante de um Nadal errático. A partir daí foram mais quebras até Delpo virar e abrir 5/3. O argentino porém não conseguiu fechar, deu dupla-falta e levou três games seguidos de Nadal. O espanhol sacou pro título, mas nada estava definido. Delpo foi pra cima, devolveu a quebra com winner de forehand. Todavia no tie-break, alguns erros logo no início derrubaram mentalmente o sul-americano que só olhou o passeio do espanhol ao vencer por 7/6 (7/0) com bola vencedora no forehand.
banner
banner