X

Nadal não tem piedade de Monaco e abre placar para Espanha

Sexta, 02 de dezembro 2011 às 13:39:14 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal deixou o cansaço de fim de temporada de lado e mostrou porque é considerado o Rei do Saibro. O hexacampeão de Roland Garros não deu chances a Juan Monaco, 26º do mundo, e garantiu o 1º ponto da Espanha na final da Copa Davis diante da Argentina.

Leia Mais:
Vitória me dá confiança, vibra Nadal
Veja Raio-X da decisão da Davis!
Siga o Tênis News no Twitter!

O estádio cheio de La Cartuja, em Sevilha, viu o dono da casa marcar 6/1 6/1 6/2 após 2h27min de duração. O segundo jogo do dia é entre David Ferrer, quinto do ranking, contra Juan Del Potro, 11º.

Nadal jogou sua 15ª partida em 15 jogos no saibro na maior competição de nações do tênis e venceu seu 19º jogo em 20 partidas de simples em Davis.

A Espanha busca seu quinto título de Davis e a Argentina joga a quarta decisão lutando pelo primeiro caneco. Monaco acabou entrando no lugar de David Nalbandian que seria na teoria o segundo titular de simples no confronto. Os argentinos lutam pela revanche da final de Mar del Plata (Argentina) em 2008 quando foram derrotados em casa sem a presença de Nadal no time espanhol.

O jogo

Na primeira etapa os games foram longos com pontos bem disputados, mas Nadal se dando melhor dominando com bolas fudnas e balançando o rival. A torcida argentina fez barulho até maior do que a da casa, mas Rafa quebrou três vezes e fechou por 6/1 em 48 minutos.

O segundo set foi parecido. Monaco largou confirmando, mas Nadal passeou em seguida para quebrar duas vezes e marcar 6/1 em 45 minutos com um winner do espanhol e em seguida um erro do argentino.

Na terceira etapa Monaco lutou, brigou, caiu em quadra, sangrou, foi atendido. Se limitou a marcar dois games, levantar a torcida argentina, mas Nadal estava impossível. O espanhol lhe quebrou para fazer 4/2 e novamente para fechar por 6/2.

Monaco não teve breaks na partida e Nadal quebrou sete em catorze chances. Foram 26 winners do natural de Manacor contra 14 do de Tandil.
banner
banner