X

Navratilova passa mal e abadona escalada da montanha mais alta da África

Sexta, 10 de dezembro 2010 às 14:38:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A ex-tenista norte americana Martina Navratilova, que estava no comando de um grupo de 26 pessoas na escalada do Monte Kilimanjaro, na Tanzânia, sentiu-se mal e teve que deixar a excursão para ser transportada pelos carregadores ao Centro Médico Cristão.

Navratilova, que chegou a ser número 1 do mundo em simples e em duplas, vinha comentando, em seu blog, que as condições climáticas estavam muito difíceis desde o início da subida e que o esforço físico estava ficando cada vez mais complicado de suportar.

Durante o trajeto, a expedição teve que enfrentar alguns adversários complicados, como uma altitude de 4.700 metros, além de uma forte nevasca, chuvas e também um frio maior do que se esperava, causado principalmente pelas variações do tempo.

Apesar da retirada obrigatória, pessoas do grupo garantem que, mesmo desapontada, Navratilova entendeu bem a situação e que estava bem de espírito. A escalada da montanha mais alta da África deve chegar ao fim neste sábado.
teninews.com.br
br.jooble.org