X

Agassi comemora retorno ao Brasil. Para Guga, duelo será inesquecível

Sexta, 10 de dezembro 2010 às 12:44:33 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Vitor Souza Paula, direto do Rio de Janeiro (RJ) - O americano Andre Agassi, que enfrenta neste sábado o ídolo brasileiro Gustavo Kuerten em partida-exibição no Maracanãzinho (Rio de Janeiro), concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira e se mostrou muito contente por voltar ao Brasil.

"É uma alegria muito grande para mim retornar ao Brasil depois de vários anos, ainda mais para um evento tão especial quanto este e que representa um momento inesquecível para o meu amigo Guga", afirmou o ex-número um do mundo e dono de oito títulos de Grand Slam que foi cercado por diversos jornalistas.

"Nunca poderia me esquecer daqui, pois foi no Brasil que conquistei meu primeiro título, com 17 anos", acrescentou Agassi, relembrando o primeiro de seus 60 títulos de simples na carreira conquistado em 1987 derrotando o brasileiro Luiz Mattar na final do torneio de Itaparica (BA).

O marido de Steff Graf e campeão olímpico de Atlanta em 1996 ainda elogiou o amigo e rival deste sábado: "Guga é um grande amigo e um exemplo para o esporte. Amanhã tenho certeza que a torcida será toda dele e acho que vou torcer por ele também", brincou.

Guga, por sua vez, também não deixou de elogiar o adversário, a quem diz ter se inspirado ao longo da carreira.

"Só tenho que agradecer ao Agassi por fazer parte deste momento. Ele lutou muito para que esse evento pudesse estar acontecendo e com certeza amanhã será um dia inesquecível. É um privilégio para mim ter sido contemporâneo de um jogador que sempre me inspirou ao longo da carreira e é um exemplo fpora das quadras com suas ações sociais. Acho que não poderia haver um rival melhor para esse momento. Esse jogo será um momento marcante para o tênis", finalizou o tricampeão de Roland Garros.

Agassi marcou a carreira de Guga sendo derrotado pelo brasileiro na final da Masters Cup (atual ATP World Finals) de Lisboa em 2000 por um triplo 6/4, jogo que garantiu a ascenção do catarinense ao topo do ranking pela primeira vez na carreira, há dez anos.

Paixão pelo espírito brasileiro - Em 1987 Agassi declarou que o que mais atraiu ele no Brasil haviam sido as mulheres, mas desta vez o foco é diferente: "Agora estou casado, não posso mais pensar em mulheres. Hoje o Brasil serve como uma inspiração, é um povo apaixonado pelos esportes e com ótimo espírito e entusiasmo".
teninews.com.br
br.jooble.org