X

Melo e Soares levam a virada e caem nas 4as de Roland Garros

Terça, 01 de junho 2010 às 08:12:54 AMT

Link Curto:

Melo e Soares - Roland Garros 10
Chegou ao fim a ótima campanha da dupla brasileira Marcelo Melo e Bruno Soares em Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada jogado no piso de saibro. Eles foram eliminados nas quartas de final nesta terça-feira.

Depois de baterem os irmãos Bob e Mike Bryan na segunda rodada, os mineiros caíram contra o austríaco Julian Knowle e o israelense Andy Ram, parceria cabeça-de-chave 10, por 2 sets a 1 de virada com parciais de 6/7 (7/3) 6/2 6/0 após 1h54min de partida.

A dupla brasileira começou bem o jogo e na quarta chance abriu uma quebra no primeiro game e marcou 2/0. Eles lideraram até o 4/2 quando tiveram mais um break-point, mas não converteram. Então, os rivais foram pra cima, devolveram a desvantagem, viraram pra 5/4 e foi questão de tempo para chegar ao tie-break. Melo/Soares abriu 5 a 2, obteve quatro match-points e finalizou por 7/6 (7/3) em 57 minutos.

Os mineiros vacilaram no começo do segundo set. Tiveram um game de 40/15 no 1/1, mas perderam o saque e a confiança caiu. Oponentes conseguiram nova quebra, abriram 5/2 e fecharam por 6/2 em apenas 32 minutos.

No terceiro set os mineiros abriram 30/0 no primeiro game, mas levaram quatro pontos seguidos, foram quebrados e tiveram a chance do empate com 15/40 logo a seguir. Todavia, Knowle/Ram se salvaram, confirmaram e deram um banho de água fria nos mineiros que perderam totalmente a intensidade e cederam outras duas quebras: 6/0.

Apesar da queda, os mineiros podem comemorar a ressureição já que vinham em uma temporada ruim. Eles faturaram o título do ATP 250 de Nice (França) e emplacaram oito vitórias seguidas (contando com o triunfo na Copa Davis diante do Uruguai) até a queda.

Para Melo foi a melhor campanha em Paris. Soares repete a do ano passado quando caiu ao lado do zimbabuano Kevin Ullyett, mas ainda tem 2008 como seu melhor ano quando fez semis ao lado do sérvio Dusan Vemic.
banner
banner