X

Rússia culpa calendário para fiasco em Israel

Segunda, 13 de julho 2009 às 10:14:59 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Shamil Tarpishchev, presidente da Federação Russa de Tênis e capitão do time masculino, culpou um "assassino" calendário internacional para a derrota diante de Israel em Tel-Aviv nas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis no final de semana.

"O problema é este calendário que é um assassinato", disse Tarpischev após a queda por 4 a 1 diante dos israelenses: "Esse problema não é só pra nós. É só olhar pros jogadores de EUA, Espanha, Argentina ou Alemanha. Parece que todos os grandes times estavam sentindo falta de seus jogadores top".

Os americanos tiveram a ausência de Andy Roddick, vice-campeão de Wimbledon, a Espanha de Rafael Nadal, a Argentina de David Nalbandian e a Alemanha de Tommy Haas. Os russos não tiveram Nikolay Davydenko nem Dmitry Tursunov, números 11 e 24 do mundo respectivamente.

"Esse calendário dá vantagens injustas aos times pequenos. Por isso se vê muitas decepções, zebras", adicionou Tarpischev que não deixou de dar crédito ao adversário: "Preciso dizer também que o melhor time venceu. Eles estavam melhores preparados".
banner
banner