X

Simoni é mais uma vítima brasileira em Florianópolis

Quinta-feira, 02-02-2006 13:22

Link Curto:

Challenger Florianópolis
O paulista Alexandre Simoni é a mais recente vítima na chave de simples do Cyclus Open de Tênis, torneio challenger que está em disputa desde a última segunda-feira no Lagoa Iate Clube, na capital catarinense. Ele foi eliminado pelo argentino Diego Junqueira por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/1.


Agora, resta a Simoni a disputa da chave de duplas, onde faz parceria com o gaúcho Lucas Engel. Os dois estrearam com vitória na quarta-feira à noite, derrotando os paulistas Rogério Silva e Caio Zampieri por 6/3 e 6/4.

Na partida contra Junqueira, Simoni começou tendo seu serviço quebrado, numa bola em que ele considerou o lance duvidoso. "A partir dali ficou difícil, tive que jogar pressionado e o Junqueira estava bem, fazendo ace, acertando a linha. Foi complicado", avaliou Simoni. O argentino, por sua vez, devolveu a derrota sofrida no Chile, no ano 2000. "Estou muito contente por este resultado. Acho que joguei bem e quero começar a repetir os resultados do ano passado, quando cheguei a três semifinais de challengers na Itália, Equador e Ucrânia", disse Junqueira, que terá pela frente o mexicano Santiago Gonzalez, em busca de um lugar nas semifinais do torneio que distribui US$ 25 mil em prêmios.

ROGÉRIO SILVA É A ATRAÇÃO DESTA SEXTA-FEIRA - Dos 15 brasileiros que iniciaram a disputa da chave de simples, 13 já estão eliminados. A esperança de título continua com o paulista Rogério Silva e com o gaúcho André Ghem. Rogerinho, como é conhecido no circuito, já conquistou cinco vitórias na competição, sendo três no qualifying e duas na chave principal, sendo a última contra o conterrâneo Júlio Silva. "Continuo correndo por fora. O favoritismo é todo dos adversários", diz Rogerinho, que vai enfrentar o oitavo cabeça-de-chave Diego Hartfield, da Argentina. Se vencer, o paulista estará nas semifinais do torneio. Ghem, por sua vez, entra em quadra na noite desta quinta-feira para enfrentar o austríaco Marco Mirnegg.

O Cyclus Open de Tênis tem pontuação de US$ 50 mil no ranking internacional por oferecer hospedagem aos jogadores. A chave principal começou segunda-feira e segue até o próximo domingo.

Fonte: Assessoria de Imprensa De Zotti
teninews.com.br
br.jooble.org