X

Viaje com Bernardes! - Missão: Melbourne, Australian Open

Domingo, 29 de janeiro 2006 às 14:30:00 AMT

Link Curto:

Rod Laver Arena

Por Carlos Bernardes, árbitro de cadeira da ATP

A segunda edição da coluna Viaje com Bernardes! de 2006 é especial. Carlos Bernardes, árbitro de cadeira da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), conta sua saga nas duas semanas de muito calor, passeio, fotos, cultura, curiosidades e muito tênis, durante o primeiro Grand Slam do ano, o Australian Open em Melbourne.

cbernardes@atptennis.com

Bem amigos leitores,

Saindo da linda cidade de Auckland na Nova Zelândia, vamos a uma outra cidade muito bonita para o nossa primeiro Grand Slam do ano: o Australian Open 2006.

Melbourne foi uma cidade muito famosa no periodo de 1850 em diante quando a febre do ouro levou para lá milhares de caçadores. Hoje em dia Melbourne é uma cidade com quase 25% de sua população composta por pessoas que vieram de fora da Austrália ou que não nasceram por lá.

Cidade bem organizada com muitos jardins e museus, muitas áreas destinadas ao esporte e a cultura. Junto com estas semanas do Australian Open, havia também uma Regata Internacional onde barcos de varias partes do mundo estão dando a volta ao redor do globo terrestre: a famosa VOLVO OCEAN RACE no qual inclusive está participando o barco brasileiro BRASIL 1.

Voltando a falar desta cidade, aqui vão algumas fotos dos locais mais bonitos para se visitar:

- Comecamos pelo Melboune Park onde é jogado o torneio:

Vista aérea do Melbourne Park

- Com sua famosa Rod Laver Arena:

Rod Laver Arena parte de fora



Quadra Rod Laver Arena

- O Jardim Botanico, bem ao lado do torneio:

Melbourne Park

- O Aquário de Melbourne:

Aquário de Melbourne

- Rialto Observatorio - local onde vocâs podem ter uma visão 360 graus da cidade:

Rialto

- The Federation Square - local que no Domingo antes de comecar o torneio havia uma festa com muitos brasileiros:

Festa de brasileiros antes de começar o torneio

- O famoso Yarra River, onde você pode fazer passeios de barco, taxi , praticar remo, a qualquer hora:

Yarra River

- O Royal Exhibition Building, localizado no muito bonito Jardim Carlton:

Royal Building

- O Museu de Melbourne, tambem localizado neste mesmo parque:

Museu de Melbourne

- O novo Melbourne Cricket Ground, um estadio para quase ou mais de 100 mil pessoas que vão la assistir ao Cricket ou Australian Football :

Estádio de Cricket

Infelizmente não tenho muito espaço pois poderia colocar muito mais fotos de locais fantásticos que vocês poderiam visitar quando forem a Melbourne. Há muitos Museus, Parques, Teatros e muitas atrações para todos os gostos.

Só é necessario um bom protetor solar e muita disposicao para andar . Este ano durante o torneio, não jogamos por 3 dias até o calor diminuir um pouco.Fez 43 até 45 graus.

Bem vou parando por aqui e nossa proxima parada é Vina del Mar no Chile, para o primeiro torneio da Gira Sul Americana no saibro. A propósito. Roger Federer foi o grande campeão derrotando a surpresa Marcos Baghdatis na final.

CURIOSIDADES

A nossa curiosidade do Australian Open 2006 nao será somente uma, mas duas. A primeira relacionada com as partidas de tênis e a segunda não:

1- Pela primeira vez nos ultimos anos, as partidas foram interrompidas por causa do calor e somente em duas quadras foi possível realizar jogos sem interrupção.

Para se ter uma ideia, no último dia de interrupção, a temperatura estava em 41 graus às seis da tarde e os jogos nas quadras que não eram fechadas so começaram depois das 8 da noite. Estava insuportável!

As duas quadras onde se é possivel jogar com calor muito forte ou com chuva são a Rod Laver Arena e a Vodafone. As duas possuem um sistema semelhante, com ar-condicionado e tudo mais. Aqui é o unico torneio do Grand Slam que se usa esta regra parao Calor Extremo (temperaturas acima dos 35º C). Em nenhum outro se chega a suspender as partidas pelo calor como ocorreu e ocorre neste torneio.

2- A segunda curiosidade foi o stand da GARNIER, local onde se davam brindes como cremes para pele, cabelo e inclusive faziam maquiagem gratis. Nao é por menos que pessoas (mulheres em sua maioria) ficavam horas na fila para serem atendidas, às vezes nem tenis elas assistiam,

Bem estas foram duas curiosidades deste torneio que foi o primeiro Grand Slam do ano.

Um grande abraço.

Carlos Bernardes
banner
banner