X

Roddick humilha, Nalbandian também se garante nas oitavas

Sexta, 20 de janeiro 2006 às 07:57:27 AMT

Link Curto:

Roddick - Australia
Um dia sem surpresas no complexo de Melbourne Park. Na madrugada desta sexta, o americano Andy Roddick não tomou conheicmento de Julien Benneteau, algoz de Marcos Daniel, e precisou de apenas 1h22min para marcar 6/1 6/2 6/2. O argentino David Nalbandian teve um pouco mais de dificuldade, mesmo assim derrotou o finlandês Jarkko Nieminen em quatro sets.


Sem dúvida o jogo mais fácil para o americano Andy Roddick, número três do mundo, que segue sem perder sets no Aberto da Austrália 2006. Na madrugada desta sexta ele precisou apenas de 19 minutos para tucidar o francês Benneteau, número 195 do mundo, por 6/1.

Roddick estava confiante, agressivo não só em seu serviço, como também nas devoluções e no meio do ponto. O americano que vive em Austin, Texas, contou também com os demasiados erros do adversário (31 contra 16 de Roddick). O segundo e terceiro set foram um pouco mais demorados, mesmo assim a tranquilidade reinou e o placar foi um duplo 6/2.

Depois de uma chave fácil onde passou pelo suíço Michael Lammer, sul-africano Wesley Moodie e o francês Benneteau, Roddick deve ter um pouco mais de dificuldades agoras nas oitavas. Ele encara o jovem em ascenção, Marcos Baghdatis do Chipre. O cipriota também passou com facilidade pelo alemão Denis Gremelmayer por6/2 6/1 6/2. Baghdatis e Roddick se encontrarão pela primeira vez na turnê.

O vencedor desta partida de oitavas pode enfrentar o argentino David Nalbandian nas quartas de final. Nalbandian, número quatro do mundo e campeão da Masters Cup ao conseguir o feito de derrotar Roger Federer na decisão, começou atrás, mas virou a partida diante do embalado finlandês Jarkko Nieminen, campeão na última semana em Auckland e número 24 do mundo.

O argentino nascido em Córdoba, que teve muitas dificuldades sobretudo na primeira rodada diante do tailandês Danai Udomchoke, venceu por 2/6 6/3 6/2 7/5 e garantiu passaporte para às oitavas de final em Melbourne. Ele busca alcançar no mínimo às quartas para defender os pontos conquistados ano passado (foi eliminado por Lleyton Hewitt). Para isso, Nalbandian enfrentará o espanhol Tommy Robredo, que passou em três sets pelo americano James Blake 6/3 6/4 6/4.

Robredo e Nalbandian duelaram três vezes no circuito com duas vitórias do argentino. O último confronto foi a há pouco mais de três anos (2002) no Masters Series de Toronto, com David triunfando em 7/6 6/3.
banner
banner