X

Thomaz Koch prestigia garotada na Masters do Circuito Unimed

Sexta, 25 de novembro 2005 às 21:20:27 AMT

Link Curto:

Thomaz Koch IV

Por Fabrizio Gallas - Editor-chefe Tênis News

Um dos maiores astros do tênis nacional, Thomaz Koch, acompanhou e pretigiou a garotada nas semifinais da Masters do Circuito Unimed no Rio de Janeiro nesta sexta. Sócio do Clube Caiçaras no bairro da Lagoa e morador da cidade maravilhosa, Thomaz opinou, com exclusividade a Tênis News, sobre o tênis juvenil no país.


"Tenho acompanhado pouco o Circuito Unimed juvenil, mas gosto de ver os garotos jogar. Eles compensam a falta de força com maturidade".

O ex-tenista de 60 anos falou sobre o que é mais importante em um tenista juvenil para que ele possa se tornar um bom profissional: " O mais importante é o nível técnico. Nessa fase perder não é o problema, o problema é a pressão. No tenista a pressão deve ser saudável e chegar como um fator motivador. O tenista não pode deixar a pressão invadir a mente de uma forma que paralise seu jogo, assim ele estará fadado ao insucesso. Gosto de observar esse comportamento na garotada. Quem tem mais futuro é quem não tem medo de arriscar em qualquer tipo de situação."

Thomaz ainda comentou sobre um dos principais problemas do desenvolvimento do tênis do país: a falta de quadra pública. Na cidade do Rio de Janeiro, local do Masters do Circuito Unimed juvenil, há apenas quadras disponíveis a população no Aterro do Flamengo e na Lagoa, bairros da Zona Sul da cidade. Em São Paulo com a construção do complexo do Parque Villa-Lobos para o Challenger de São Paulo, as quadras usadas no evento ficam no restando do ano a dispoção do público. Mesmo assim o incentivo a esta forma de desenvolvimento do tênis nacional é pequeno. "Falta mais quadras públicas. São muito poucas no Brasil. Aqui no Rio de Janeiro temos só dois lugares. Seria um grande ganho para o esporte haver mais quadras públicas no país ". completou Thomaz Koch.
teninews.com.br
br.jooble.org