X

Surge um novo talento: Berdych é campeão em Paris

Domingo, 06-11-2005 17:01

Link Curto:

Tomas Berdych - Paris


Por Fabrizio Gallas - Editor-chefe Tênis News

Com apenas 20 anos e um talento enorme, surge uma possível nova estrela no tênis. O tcheco Tomas Berdych conquistou, neste domingo, seu primeiro título de Masters Series ao bater o croata Ivan Ljubicic em cinco sets: 6/3 6/4 3/6 4/6 6/4 em mais de três horas de partida.

Perfil Tomas Berdych

Berdych chegou a sua segunda final em 2005 e conquistou seu primeiro título da temporada, segundo na carreira — venceu em Palermo 2004. Com a conquista no carpete parisiense, o número 50 do mundo marca 500 pontos no ranking de entradas e deve subir bastante na tabela, ficando ao menos entre os 30 melhores.

O título não só coroa um bom ano para ele, mas também marca sua primeira vitória diante de Ljubicic em três confrontos. Os dois já haviam jogado duas vezes com fáceis triunfos do croata.

"Eu achava que a vitória seria a melhor maneira de se encerrar o ano. E eu consegui isso!" comemorou Berdych que se tornou o único jogador, sem ser Federer e Nadal, a vencer um dos nove Masters Series na temporada. Os dois primeiros do ranking ganharam todos os outros oito eventos desse porte.

A campanha do tcheco em Paris foi impecável. Berdych eliminou três jogadores que lutavam pela classificação na Masters Cup e bateu dois compatriotas. Na primeira rodada a vítima foi o conterrâneo Jiri Novak, na sequência ele passou por Guillermo Coria — dentro da Masters Cup, número seis do mundo —, Juan Carlos Ferreiro (ESP) e Gaston Gaudio (ARG) — ambos lutavam para ir a Shanghai —. Nas semifinais o triunfo foi em cima do também tcheco Radek Stepanek que defendia o vice-campeonato em 2004.

Para o croata Ivan Ljubicic seu sexto vice-campeonato na temporada pode até ser comemorado.Em Paris ele obteve vaga na Masters Cup, torneio que disputará pela primeira vez na carreira. Ljubicic, de 26 anos, faz seu melhor ano da vida tendo conquistado dois títulos (Metz e Viena) e sendo vice em (Doha, Roterdam, Marselha, Dubai, Masters Series Madrid, Masters Series Paris).

"Minha semana foi fantástica. Gostaria de ter ganho. Agora vou para a Masters Cup e depois a final da Copa Davis." disse o croata.

Um dado curioso sobre Ljubicic. O tenista, oitavo melhor do ano, não previa sua ascensão neste final de temporada e já havia reservado férias para as ilhas Seychelles na África, logo após o Masters de Paris. Após sua conquista em Metz e Viena ele teve que cancelar tudo bem rápido...

Na partida de hoje Berdych mostrou todo seu talento. Nos dois primeiros sets foi muito bem na tática, explorando o golpe menos eficiente do adversário: a direita. A parte técnica era perfeita com belos golpes de fundo. Berdych distribuía pancadas planas da linha de base e sufocava Ljubicic. No aspecto físico se mexia muito bem na quadra alcançando as "deixadinhas" e matando as jogadas na rede. O resultado 6/3 6/4.

Nos dois sets seguintes, Ljubicic acordou. Sacando muito bem, o croata passou a arriscar mais e empatou a partida: 6/3 6/4. Ljubicic parecia que viraria e conquistaria o campeonato. Berdych mostrava cansaço e dores na perna, tendo que pedir a presença do fisioterapeuta em quadra.

Mas o tcheco se superou equilibrou o confronto e aproveitou um deslize do croata para conquistar a vitória por 6/4 e vibrar com a conquista.

Ele recebeu o troféu das mãos do tricampeão do torneio (2000, 2002, 2004) Marat Safin que não jogou o torneio devido a contusão em seu joelho. Berdych faturou 100 pontos na Corrida dos Campeões e embolsou um cheque de 378 mil euros.
teninews.com.br
br.jooble.org