X

Associação Argentina de Tênis dará suporte médico a seus jogadores

Quarta, 19 de outubro 2005 às 09:04:52 AMT

Link Curto:

Mariano Puerta
O corpo de regras da Associação Argentina de Tênis (AAT) dará apoio médico aos tenistas argentinos após cinco confirmações de doping e mais um caso por apurar dentre os melhores do mundo nos últimos cinco anos.


"Estamos analizando como ajudar, como desenvolver nossa equipe médica para o trabalho.O problema maior é o custo"

Guillermo Canas, banido por dois anos em agosto, em Mariano Puerta (foto), suspenso por nove meses em 2003 e passível de banimento do esporte caso seu novo seu doping de Roland Garros se confirme, são os dois principais casos que estão manchando tênis argentino.

A Federação Francesa de Tênis (FFT) gasta cerca de 180 mil dólares por ano com um programa de anti-doping , testando cerca de 80 jogadores três vezes por ano. Espanhóis e americanos também recebem ajuda de suas federações, disse Agustin Calleri, argentino atual número 61 do mundo.

"Nossa associação tem que fazer algo para dar suporte a nossos tenistas" declarou Callieri, de 29 anos, que disputa o Masters Series de Madrid nesta semana.

A AAF concentra seus gastos no desenvolvimento de jovens tenistas com menos de 18 anos ao invés de ajudar os atletas mais velhos e já desenvolvidos. "Nós temos pouco dinheiro em caixa e estamos tentando contato com outros atletas." disse Gomez. Hood, Guillermo Coria and Juan Ignacio Chela.

Além de Cañas e Puerta, Juan Ignacio Chela, Guillermo Coria e o duplista Mariano Hood foram suspensos.
teninews.com.br
br.jooble.org