X

Retrospectiva 2007 - Agosto - Djokovic surpreende. Davydenko manipulou ?

Terça, 25 de dezembro 2007 às 08:00:00 AMT

Link Curto:

Nikolay Davydenko - Roma 07 II
Agosto foi o mês dos Masters Series que compõem o US Open Series. Em Montreal, Novak Djokovic teve atuação brilhante e levou a taça. Em Cincinnati, Federer deu a volta por cima e voltou a reinar. Mas o oitavo mês ficou marcado também pelo começo dos escândalos de manipulação de resultados, além de uma revolução que a ATP anunciou para a temporada 2009. E uma grande tenista voltou às quadras. Sabe quem foi? Relembre todos os fatos do mês de agosto nesta matéria exclusiva da Tênis News.

No Masters Series de Montreal, os grandes tenistas voltaram ao cenário em uma grande competição. A expectativa geral era de um novo encontro entre Roger Federer e Rafael Nadal. Mas esqueceram de combinar com Novak Djokovic.

O sérvio foi brilhante e derrotou nas quartas de final o americano Andy Roddick, número 3 do mundo, na semifinal passou pelo espanhol Rafael Nadal, vice-líder do ranking, e na final teria como adversário 'só' o suíço Roger Federer.

E em um jogo bastante disputado, Djokovic conquistou seu segundo título de Masters Series do ano, ao superar o número 1 do mundo por 2 sets a 1, com parciais de 7/6, 2/6 e 7/6. Com a vitória, Djokovic conseguiu seu primeiro triunfo sobre Federer.

O outro capítulo foi contado em Cincinnati, mas esse só teve um personagem já bastante conhecido. Com as eliminações precoces do campeão Djokovic e de Rafael Nadal, a estrada de Federer ficou aberta.

Mesmo assim, o título foi sofrido. Nas quartas, ele precisou suar para derrotar o espanhol Nicolas Almagro. Na semifinal, um velho conhecido complicou a vida do suíço. Federer derrotou o australiano Lleyton Hewitt no tie-break do terceiro set.

O adversário de Federer na final foi o americano James Blake. E este jogo foi muito tranqüilo para o melhor do mundo. Ele venceu por 6/1 e 6/4, retomou a coroa do tênis e atingiu uma marca expressiva: o 50º título da carreira.

No tênis feminino, o destaque foi o título de Justine Henin em Toronto. Na final, ela superou a sérvia Jelena Jankovic por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 e 7/5, e levou a taça para casa. Ainda entre as mulheres, um outro momento marcante foi a volta de Lindsay Davenport às quadras, depois de seu afastamento após ter tido um filho.

A americana jogou o WTA de New Haven nas duplas, ao lado da compatriota Lisa Raymond. Ela foi derrotada por 2 sets a 1, com parciais de 6/7, 6/3 e 10/4 logo na estréia pela parceria formada por Cara Black e Liezel Huber.

Quem também voltou às quadras foi Fernando Meligeni, mas para jogar o Tour of Champions, circuito de veteranos. Em Algarve, Portugal, ele chegou a derrotar Bjorn Borg e alcançou a final, mas foi superado pelo espanhol Sergi Bruguera por 6/2 e 6/4.

Uma outra notícia que chamou atenção veio de fora das quadras. A ATP anunciou mudanças radicais para o circuito profissional a partir de 2009. Os Grand Slams vão dobrar de pontuação e passarão a valer 2000 pontos. Os Masters Series mudarão de nome para '1000' e, como o nome já diz, passam a distribuir 1000 pontos. A Masters Cup acompanha as mudanças e passa a se chamar ATP Finals.

Haverá ainda mudanças no calendário. O tradicional Masters Series de Hamburgo deixa de existir e é substituído por Madrid, que passa a ser disputado no saibro. O antigo torneio de Madrid, em quadra rápida e coberta, passa a ser jogado em Xangai. E a primeira edição do "ATP Finals" será em Londres, na Inglaterra.

Não poderíamos deixar de terminar a retrospectiva de agosto sem mencionar os primeiros casos de suspeitas de manipulação de resultados. No ATP de Sopot, Davydenko foi derrotado pelo argentino Martin Vassallo Arguello após desistir no terceiro set. A partida teve um acontecimento que causou estranheza: o volume de apostas na vitória do 'hermano', número 93 do mundo, foi muito alto para um azarão. A ATP prometeu investigar o caso e, se confirmada a suspeita, punir com rigor, cogitando até o banimento do tênis.

Veja quem foram os campeões do mês de junho:

Masculino:

Washington: Andy Roddick (EUA) 2x0 John Isner (EUA) 6/4, 7/6
Sopot: Tommy Robredo (ESP) 2x0 José Acasuso (ARG) 7/5, 6/0
Montreal: Novak Djokovic (SRB) 2x1 Roger Federer (SUI) 7/6, 2/6, 7/6
Cincinnati: Roger Federer (SUI) 2x0 James Blake (EUA) 6/1, 6/4
New Haven: James Blake (EUA) 2x0 Mardy Fish (EUA) 7/5, 6/4

Feminino:

San Diego: Maria Sharapova (RUS) 2x1 Patty Schnyder (SUI) 6/2, 3/6, 6/0
Estocolmo: Agnieszka Radwanska (POL) 2x0 Vera Dushevina (RUS) 6/1, 6/1
Los Angeles: Ana Ivanovic (SRB) 2x0 Nadia Petrova (RUS) 7/5, 6/4
Toronto: Justine Henin (BEL) 2x0 Jelena Jankovic (SRB) 7/6, 7/5
New Haven: Svetlana Kuznetsova (RUS) venceu Agnes Szavay (HUN) 4/6, 3/0 e abandono
teninews.com.br
br.jooble.org