X

André Ghem e Bruno Rosa fazem outra semi em Porto Alegre

Sexta, 23 de setembro 2005 às 16:40:43 AMT

Link Curto:

Andre Ghem
O saque indefensável foi, novamente, a principal arma do gaúcho André Ghem na vitória sobre o paulista Rodrigo Grilli por 6/2, 3/6 e 6/2.


Ghem fez nada menos que 16 aces com um primeiro serviço que, segundo a sua avaliação, muitas vezes ultrapassa os 200 km/h.

"Uma vez colocamos uma máquina para medir a velocidade, mas ela só ia até 199 km/h. Realmente o saque tem sido uma das minhas principais armas aqui em Porto Alegre. Estou sacando com segurança, estou indo pro ace", disse o tenista, que admite ter sentido o cansaço, especialmente no segundo set.

Neste sábado, Ghem vai enfrentar Bruno Rosa pela quinta vez. O retrospecto é favorável ao gaúcho, que tem três vitórias contra uma do catarinense. "O Bruno é um grande amigo meu. Quendo vou a Florianópolis fico quase sempre na casa dele. Os dois se conhecem bastante e ele é um adversário perigoso. Vai ser um jogo duro", projeta Ghem.

O catarinese Bruno Rosa foi o responsável pela eliminação do gaúcho Franco Ferreiro, que era favorito ao título. Em menos de uma semana, esta foi a segunda vitória de Bruno sobre Franco. Na semana passada, o tenista treinado por Larri Passos e que em Porto Alegre está sendo orientado pelo técnico Ricardo Pimentel já havia vencido o gaúcho.

Nesta sexta-feira, Bruno foi ainda mais arrasador, vencendo por 6/4 e 6/0. No primeiro set, Bruno chegou a abrir 4/0, permitiu o empate e depois fez oito games seguidos.

"Vocês puderam ver. Foi nítido que ele não estava no dia dele. Eu não entrei em quadra com clima de revanche e consegui jogar bem. Ao contrário de ontem (quinta-feira), hoje não senti tonturas, pois me hidratei melhor e descansei mais. O calor faz parte", disse Bruno.

Fonte: Assessoria de Imprensa De Zotti
banner
banner