X

Presença de ex-campeões faz crescer expectativa do Torneio Chesf

Quinta, 22 de setembro 2005 às 11:30:00 AMT

Link Curto:

Torneio Chesf
Contando com a presença de alguns dos principais tenistas do país, o Torneio Chesf de Tênis / Semana da Pátria chega à sua 24ª edição a partir do dia 27, com promessa de apresentar o melhor nível técnico desde que iniciou-se a categoria profissional, em 2000.


Isso porque, além do bom ranking de alguns atletas, o evento contará com a presença de todos os seus campeões – à exceção do mineiro Pedro Braga, bi em 2002 e 2003, que está suspenso.

O principal candidato ao título, indiscutivelmente, é o paulista Júlio Silva, sexto melhor tenista do país e número 179 no ranking de entradas da ATP. Silva, inclusive, foi o primeiro vencedor da fase profissional do evento, conquistando o título em 2000, única vez em que havia participado da competição.

O atual campeão, o também paulista Alessandro Camarço, é o cabeça de chave número 2, e surge como principal oponente a Júlio Silva. Atual 14º melhor tenista do País, Camarço está em sua terceira participação no Torneio Chesf. Em 2003, chegou às semifinais, sendo derrotado por Thiago Alves, hoje o 5º melhor tenista do Brasil, que acabou sendo o vice-campeão daquele ano.

Também estão confirmados jogadores como Ronaldo Carvalho (outro ex-campeão, tendo vencido em 2001), Leonardo Kirche e Gabriel Pitta, curiosamente atletas que integraram a equipe brasileira na Copa Davis de 2004.

O Torneio Chesf de Tênis faz parte da série de eventos de 1ª Classe que a Confederação Brasileira de Tênis vem incentivando. Um dos principais atrativos da competição é a premiação total, que chega a R$ 12.200,00.

A seguir, alguns dos principais jogos da primeira rodada, marcada para o próximo dia 27: Júlio Silva (SP) x Édson Silva (PE), Alessandro Camarço (SP) x Marinaldo Gomes (PE), Ronaldo Carvalho (GO) x Ivo Silva (PE), Gabriel Pitta (SP) x Antônio Carlos Nascimento (PE), Leonardo Kirche (SP) x Bernardo Dias (BA).

Fonte: Paulo Augusto
banner
banner