X

Definidas semifinais do Circuito Profissional Unimed em Rio do Sul

Sábado, 03 de setembro 2005 às 15:38:29 AMT

Link Curto:

Circuito Unimed
A inimiga número um dos campeonatos de tênis, a chuva, nem de perto chegou a ameaçar os confrontos deste sábado, dia 3, na cidade de Rio do Sul, em Santa Catarina.


E numa bela manhã de muito sol e nenhuma nuvem no céu, os tenistas entraram em quadra para disputar as quartas-de-final da 3ª Etapa do Circuito Unimed Brasileiro Profissional de Tênis, competição que distribui pontos para o ranking brasileiro de adultos e um total de R$ 6 mil em premiações.

Com a presença de um bom público, quatro duelos deram início a rodada deste sábado, às 10h, nas quadras de saibro do Esporte Clube Concórdia. Pela chave feminina, as irmãs Bruna Vieira, de 15 anos e Liege Vieira, de 17, encaram as tenistas Suelen Silva e Mariel Maffezzolli, respectivamente. Liege fez um jogo bastante equilibrado contra Maffezzolli, de Brusque, mas que treina com a equipe do Instituto Tênis, no Itamirim Clube de Campo, na cidade de Itajaí. Liege Vieira venceu de virada, por 2 sets a 1, sendo as parciais de 3/6, 6/2 e 6/3.

"Achei que joguei bem. Agora é pensar no próximo jogo contra a Fernanda Zacouteguy na semifinal, mas estou confiante e desta vez espero ganhar com mais tranqüilidade, já que nossos jogos sempre vão para a negra" disse Liege contente após a vitória.

Já Bruna Vieira, não resistiu e foi eliminada por Suelen Silva, por 2 sets a 0, sendo as parciais de 6/3 e 6/0.

"Eu estava há alguns dias sem treinar, mas me senti bem em quadra e a Bruna também não estava no seu melhor dia, pois nossos jogos sempre são mais equilibrados" disse Suelen que agora encara pela primeira vez, a cabeça de chave 1 do torneio, Florentina Hanisch, em partida válida pelas semifinais da competição.

MASCULINO – Pela chave masculina, Moacir Santos Filho, do Paraná e o paulista Bruno Schick fizeram uma das quartas-de-final deste sábado. Depois de despachar o campeão das duas primeiras etapas do Circuito Unimed Profissional, Eduardo Bohrer, em partida válida pelas oitavas, Moacir, melhor em quadra, superou Bruno por 2 sets a 0, sendo as parciais de 6/3 e 6/4.

Em outra partida, também válida pelas quartas, em jogo decidido no terceiro set, Marcelo Demoliner, do Rio Grande do Sul, perdeu para o catarinense Stefano Flores, com as parciais de 6/2, 1/6 e 6/4.

"Estava vencendo o terceiro set em 3 a 1 (40 a 15), mas desperdicei a chance errando um voleio fácil na rede e depois no 4 a 4 novamente “pequei”, mas tudo bem, agora é pensar nas próximas etapas" comentou Demoliner, de 16 anos e que passou pelo quali, antes de parar nas quartas-de-final, em Rio do Sul.

Na partida entre Ricardo Schlachter, de 28 anos, e José Pereira Júnior, melhor para Schlachter, que tem o dobro da idade de Pereira. Rico, como é conhecido, usou toda a sua experiência de quem já figurou como 260° melhor tenista do planeta e não teve muitas dificuldades para superar a revelação brasileira, número um na categoria 14 anos. Schlachter venceu por 2 sets a 0, sendo as parciais de 6/2 e 6/0. Ricardo Schlachter, que recebeu wildcard (convite) encara agora nas semifinais o canhoto Gustavo Kleine, que eliminou o último cabeça de chave da competição, (7) Bruno Echer, por 2 sets a 0, sendo as parciais de 6/4 e 6/3.

Neste sábado, dia 3, acontecem também as semifinais. Os jogos começam a partir das 15h e a entrada é gratuita para o público.

SEMIFINAIS MASCULINA:

Moacir Santos Filho (PR) X Stefano Flores (SC)
Ricardo Schlachter (SC) X Gustavo Kleine (SC)

SEMIFINAIS FEMININA:

Florentina Hanisch (SC) X Suelen Silva (SC)
Fernanda Zacouteguy (SC) X Liege Vieira (SC)

Fonte: Daniel Calmon
banner
banner