X
banner

Atleta do Tênis na Lagoa é vice de duplas no RJ e se prepara para o Brasileirão

Terça, 28 de junho 2022 às 09:21:19 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Atleta do projeto Tênis na Lagoa - Instituto Mirania Gomes Borges -, Antonio Vitor foi vice-campeão de duplas e semifinalista em simples nesta segunda-feira na etapa do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro realizado na Barra da Tijuca pelo Rio de Janeiro Country Club em parceria com o Itanhangá Golf Club. 



Antonio Vitor, de 15 anos, foi vice de duplas ao lado de Cauã Schemidt. Os dois foram superados Bruno Albiani e Bruno Matta na final por 6/4 7/6. Em simples, Antonio alcançou a semifinal perdendo para Albiani por 7/5 6/1. Vitinho, como é chamado, é o oitavo do ranking estadual e na etapa anterior, na Tennis Route, foi vice-campeão de simples e duplas. 


O atleta agora treina nas quadras públicas da Lagoa Rodrigo de Freitas, onde o projeto é sediado, para a disputa do Campeonato Brasileiro juvenil que será realizado no meio de julho em Uberlândia (MG). Ele tem viagem marcada para o dia 14 de julho.


"Vitinho tem tido um ótimo desempenho nos torneios estaduais chegando nas finais. Agora é hora de dar um passo a mais no Brasileirão. Estamos buscando apoiadores para viabilizar a ida do Vitinho para o Brasileirão. Por enquanto estou pagando do meu bolso hospedagem e passagem", disse Alexandre Borges, coordenador do projeto.


Sobre o Projeto Tênis na Lagoa

Fundado em 2004 por Alexandre Borges, professor e apaixonado por tênis desde a infância, o Projeto Tênis na Lagoa - Instituto Mirania Gomes Borges surgiu inicialmente como uma iniciativa particular para atender crianças e adolescentes de comunidades carentes do Rio de Janeiro. Em 2020, o projeto tornou-se Instituto Mirania Gomes Borges em homenagem à mãe de Alexandre.

Com o objetivo de promover o desenvolvimento humano e a inclusão social por meio da prática esportiva, o projeto utiliza as quadras públicas localizadas em frente ao Clube Monte Líbano, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Teve início assim a oferta gratuita de aulas de tênis para a população em vulnerabilidade social da região.

Tendo como princípios a construção coletiva, o respeito à diversidade, a educação integral e a autonomia, o Tênis na Lagoa começou atendendo inicialmente cerca de 60 crianças de comunidades próximas.

Hoje, mais de 160 crianças e adolescentes são atendidos pelo projeto não apenas com aulas de tênis, mas acompanhamento psicológico, aulas de inglês e yoga, passeios educativos, entre outras atividades. Aqueles que se destacam têm ainda a oportunidade de integrar a equipe de competição, representando o Tênis na Lagoa em viagens por todo o país e até pelo mundo.

Atualmente, Alexandre conta com a ajuda de sua esposa, Paula Borges, um grupo de voluntários e alguns apoiadores conhecidos, como o ex-tenista Thomaz Koch, padrinho do projeto desde a sua fundação. Dezoito anos após o início das atividades, 4.500 crianças já tiveram sua vida impactada pelo Tênis na Lagoa.


O Projeto Tênis na Lagoa atende crianças e adolescentes das comunidades carentes da Rocinha, Vidigal, Cruzada, Cantagalo, Tabajara, Pavão-Pavãozinho, Rio das Pedras, Muzema entre outros na capital carioca.


Muito além de forehands e backhands, o objetivo do projeto é proporcionar a melhoria na qualidade de vida e o desenvolvimento integral de pessoas em vulnerabilidade social por meio da força de transformação do esporte.

banner
banner