X

'Não quero dar importância à sequência de vitórias,' diz Swiatek

Sábado, 28 de maio 2022 às 12:17:02 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após derrotar a montenegrina Danka Kovinic, 95ª, por 6/3 7/5, Iga Swiatek atingiu sua 31ª vitória seguida e está perto do recorde de Serena Williams, de 34. Precisa de uma final em Roland Garros para igualar e do título para passá-la.



Mas a número 1 do mundo afirmou não dar importância para a série: "Não quero dar importância a essa sequência. Estou apenas jogando tênis e estou tentando olhar para isso da perspectiva de não ter nada a perder. Estou feliz com tudo que estou conquistando, mas quero ir passo a passo", disse Iga que teve problemas no jogo deste sábado. Abriu 4 a 1 com duas quebras e tomou a virada em 5 a 4.

"Eu me vi em um momento em que precisava mudar as coisas. Obviamente, tive muitas chances de vencer a partida, mas houve algumas coisas que não gostei. Tentei mudar algumas coisas porque sinto que tenho essa variedade para fazer isso e isso me dá muita confiança na quadra".

"É verdade que no início estava dominando de forma bastante clara, mas no segundo set tive momentos de algumas dúvidas. Também não foi surpreendente porque estou sempre pronta para o caso de o jogo se complicar. Normalmente, costumo ter partidas muito complicadas. Tive em Stuttgart, Roma... Não me esqueci de jogar partidas muito apertadas e estou pronta para o que vier no futuro”.

Sobre o próximo duelo contra a chinesa Qinwen Zheng, de 19 anos, ela aponta: "Não estou acostumado a jogar partidas tão importantes contra jogadores que nunca joguei. Não costumo assistir a muitas partidas de tênis, mas ouço muitos jogadores comentarem sobre Zheng. Vai ser um jogo muito difícil porque ele está em grande forma, mas vou tentar avançar para as quartas de final”.

Fã de futebol, Iga não vai poder acompanhar a final da Liga dos Campeões entre Real Madri x Liverpool que será em Paris neste sábado: "Eu queria muito poder ir, mas a verdade é que é algo muito complicado. Não quero sair da linha de concentração que tenho no torneio e decidimos que é melhor não ir. É uma pena porque adoro futebol, mas espero ter outra oportunidade no futuro".

banner
banner