X

Fisioterapeuta revela que 'cultura do esforço' moldou Alcaraz

Quarta, 06 de abril 2022 às 10:12:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O fisioterapeuta do espanhol Carlos Alcaraz, Juanjo Moreno, conversou com a equipe da ATP sobre o trabalho físico que ele e outros 4 profissionais estão desenvolvendo para que o jovem de 18 anos mantenha-se saudável para encarar a bateria de jogos que tem enfrentado.



Em 2022 Alcaraz já disputou 20 jogos em nível ATP nesta temporada e acumula 18 vitórias com seus dois principais títulos da carreira, o Rio Open e o Masters de Miami, tendo nesta campanha vencido três tenistas do então top 10: Rafael Nadal, Stefanos Tsitsipas e Casper Ruud.

“Ainda que este seja um esforço desconhecido para seu corpo, não é desconhecido para a sua equipe. Sabemos como o corpo responde a este tipo de esforços. Contamos com a experiência Juan Carlos Ferrero e também a da ciência que pode auxiliar a equipe médica e técnica", afirmou Moreno.

“Imagine a experiência de Juan Carlos nos esforços de alta intensidade e muita duração, somado ao pouco tempo de repouso", destaca o fisioterapeuta a respeito do ex-número 1 do mundo que acompanha Alcaraz desde muito jovem. "Ainda assim, a ciência avançou e nós da equipe colocamos à disposição de Carlos todas las estratégias que de demonstraram efetivas em sua recuperação", completou.

Juanjo Moreno é parte de uma grande equipe que cuida da parte física de Alcaraz, junto a ele há o preparador físico Alberto Lledó, um segundo fisioterapeuta, Sergio Hernández, o médico do esporte Juanjo López e outros dois profissionais da área médica que ficam baseados na cidade natal de Alcaraz, Murcia,  Alejandro Sánchez, preparador físico, e Fran Rubio especialista em recuperação.

De acordo com Juanjo Moreno, mesmo vivendo tamanha intensidade pela primeira vez na carreira, Alcaraz tem sido preparado para isso: “ (O esforço) É a nossa filosofia de trabalho. Preparamos a Carlos para que possa enfrentar esses jogos de alta intensidade e em pouco tempo, de forma que seu corpo seja capaz de recuperá-lo, através dos recursos de fisioterapia e recuperação que temos à disposição".

O trabalho feito com Alcaraz foi para que o garoto torna-se os processos de cuidados físicos, preparação e recuperação seu estilo de vida, para que nada lhe custasse muito. O intuito da equipe foi facilitar os processos para o jovem e 'educar' seu corpo da mesma maneira.

“O objetivo sempre foi prevenir antes de curar. Nós da equipe propomos um trabalho de bom nível físico, mas que também incluíssem hábitos saudáveis a nível esportivo, nos quais a recuperação tem papel importante", revela.

“O trabalho físico, a nutrição, o descanso e a recuperação, tudo isso requer esforço dentro de um estilo de vida, que tentamos incutir nele", pontua Moreno, afirmando que toda a equipe defende os mesmo valores.

A equipe liderada por Juan Carlos Ferrero conhece as principais qualidades do pupilo: "Se eu tivesse que destacar dois pontos fortes de Carlos, diria que são o talento e a cultura do esforço que lhe chegou através da equipe. Conseguimos incutir nele, que sem esforço, o talento acaba sendo pouco e que neste alto nível é necessário cuidar de todos os detalhes. Isso foi o que fez Alcaraz e os resultados falam por si só", finaliza Moreno.

banner
banner